Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Aula 02: Classificação de Softwares (2matV)

No description
by

Márcia Hellen Santos

on 7 March 2012

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Aula 02: Classificação de Softwares (2matV)

Classificação de Softwares
Profa. Márcia Santos
Vamos ver um vídeo!
A que pensam sobre isso?
Qual a mensagem do vídeo?
O ensino através da informática tem suas raízes no ensino através das máquinas.

Esta ideia foi usada por Dr. Sidney Pressey em 1924 que inventou uma máquina para corrigir testes de múltipla escolha.

Isso foi posteriormente elaborado por B.F. Skinner que no início de 1950, como professor de Harvard, propôs uma máquina para ensinar usando o conceito de instrução programada.
A mais conhecida aplicação educacional do trabalho de Skinner é sem dúvida Instrução programada, e máquinas de ensinar.
Com o advento do computador, notou-se que os módulos do material instrucional poderiam ser apresentados pelo computador com grande flexibilidade.
Assim, durante o início dos anos 60 diversos programas de instrução programada foram implementados no computador — nascia a instrução auxiliada porcomputador ou "computer-aided instruction", também conhecida como CAI.

Na versão brasileira estes programas são conhecidos como PEC (Programas Educacionais por Computador).
Construcionismo é uma reconstrução teórica a partir do construtivismo piagetiano, feita por Seymour Papert (1994)
Papert viu na Informática a possibilidade de realizar seu desejo de criar condições para mudanças significativas no desenvolvimento intelectual dos sujeitos.

Para tal, Papert desenvolve uma linguagem de programação, chamada Logo, de fácil compreensão e manipulação por crianças ou por pessoas leigas em computação e sem domínio em matemática.
Ver Biografia em: http://www.din.uem.br/ia/a_correl/iaedu/biografia.htm
“...da análise dos softwares é possível entender que o aprender não deve estar restrito ao software, mas à interação professor-aluno-software. Cada um dos diferentes softwares usados na educação (...) apresentam características que podem favorecer, de maneira mais explícita, o processo de construção do conhecimento”.

José Armando Valente
Vamos as Classificações!
Classificação quanto ao tipo de software educacional:
Computador como máquina de ensinar: tutoriais; exercício-e-prática; jogos e simulação.

Computador como ferramenta: aplicativos para o uso do aluno e do professor(texto, planilhas, manipulação de banco de dados, construção e transformação de gráficos, sistemas de autoria, calculadores numéricos,etc); resolução de problemas através do computador; produção de música;Programas de controle de processo; e computador como comunicador.
Classificação quanto aos Níveis de Aprendizagem:
• Seqüencial - A preocupação é só transferir a informação; o objetivo do ensino é apresentar o conteúdo para o aprendiz e ele por sua vez deverá memorizá-la e repeti-la quando for solicitado. Esse nível de aprendizado leva a um aprendiz passivo.

• Relacional - Objetiva a aquisição de determinadas habilidades, permitindo que o aprendiz faça relações com outros fatos ou outras fontes de informação. A ênfase é dada ao aprendiz e a aprendizagem se processa somente com a interação do aprendiz com a tecnologia. Esse nível de aprendizagem leva a um aprendiz isolado.

• Criativo - Associado à criação de novos esquemas mentais, possibilita a interação entre pessoas e tecnologias compartilhando objetivos comuns. Esse nível de aprendizado leva a um aprendiz participativo.
Classificação quanto a Concepção Teórica de Aprendizagem:
Behaviorista: Do ponto de vista do Behaviorismo (comportamentalismo), aprender significa exibir comportamento apropriado; o objetivo da educação nessa perspectiva é treinar os estudantes a exibirem um determinado comportamento, por isso usam o reforço positivo para o comportamento desejado e o negativo para o indesejado. Apresentam a informação em seções breves, testam o estudante após cada seção e apresentam feedback imediato para as respostas dos estudantes.

Construtivista: A noção de "erro' é relativizada na teoria construtivista. Nela o erro é uma importante fonte de aprendizagem, o aprendiz deve sempre questionar-se sobre as conseqüências de suas atitudes e a partir de seus erros ou acertos ir construindo seus conceitos, ao invés de servir apenas para verificar o quanto do que foi repassado para o aluno foi realmente assimilado, como é comum nas práticas empiristas. Portanto, um software educativo que se propõe a ser construtivista deve propiciar à criança a chance de aprender com seus próprios erros.
Referências:
José Armando Valente e Fábia Magali Santos Vieira. Classificação de software educacional quanto aos seus objetivos pedagógicos.
_______________________. Diferentes usos do Computador na Educação. Em: http://pan.nied.unicamp.br/publicacoes/separatas.php
Pesquisa:

Conceitue individualmente cada tipo de software educacional e busque exemplos de programas atuais. Leve em consideração se estes são softwares livres ou proprietários.
Full transcript