Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

A PROPOSIÇÃO DAS LINGUAGENS tema 2

No description
by

Yohanna Lermen

on 6 April 2016

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of A PROPOSIÇÃO DAS LINGUAGENS tema 2

Hélio Oiticica e Lygia Clark, defendiam que o público tivesse uma atitude ativa em relação á arte( que fizesse parte do processe de criação ou interação com a obra).
Os atista que defende essa proposta são chamados de
artistias propositores.

Oiticica criava espaços com vários matérias alojados em salas e ninhos que convidavam as pessoas a entrar em lugares labirínticos.
Toques, cheiros, sons e imagens eram oferecidos para a proposição de uma arte vivencial, esse tipo de obra era chamada de
instalações.

Lugares para sentir a arte no corpo todo, eram chamados de
instalações penetráveis.

Oiticia, em uma das suas obras, criou escultura para vestir, denominadas parangolés. Roupas feitas com tecidos, plásticos e outros matériais, essas roupas podiam ser vestidas pelos espectadores, e conforme se movimentavam, cores e texturas se monstravam.
Augusto Boal (1931-2009)
Criou um método de concepção e encenação teatral que reúne exercícios (monólogos corporais) e jogos (diáloogos corporais) com a utilização de diversas técnicas, ao qual ele chamou de Teatro do Oprimido (TO).
Os teatros tinham como objetivo:
1) Democratizar os meios de produção teatral;
2)Dar acesso ao universo teatral às camadas sociais menos favorecidas;
3) Tranformar a realidade por meio do diálogo e da representação teatral.
O Teatro do Oprimido é uma invenção brasileira. A ideia surgiu na década de 1970.
a PROPOSIÇÃO DAS LINGUAGENS
Hélio Oiticica (1937-1980)
A RUA É O LUgar da linguagem
São instalçaões, esculturas, intervenções urbanas, pinturas em fachadas de prédios e outras ocorrências também da linguagem das artes cênicas e audiovisuais, como projeções artísticas.
O teatro popular de rua é um exemplo dessa arte, que se realiza em espaço aberto, com pláteia, que minutos antes, ainda não era pláteia, formada por pessoas que estavam naquele local, que, pela curiosidade, ali pararam para assitir ao espetáculo.
Misturando teatro, dança, música, circo, em uma combinação de várias linguagens artísticas, o teatro popular de rua é uma arte híbrida.
As performances e intervenções urbanas são linguagens exploradas também em apresentações cênicas.
O grupo perfomático francês Les Souffleurs (os sopradores), por sua arte, oferece oportunidades para que as pessoas tenham acesso a discursos poéticos e possam desacelerar o ritmo do dia a dia.
Esse grupo declara poesias nos ouvidos das pessoas que passam pelas ruas das cidades do mundo por onde viajam, até mesmo no Brasil.
Um grupo de atores faz sua arte acontecer em pleno ar livre, nas ruas das cidades. As pessoas que passam são convidadas para assistir.
As palavras remetem a trechos de poemas que se misturam aos sons da rua e aos espetáculo na intimidade da audição de cada um.
Essa ação artística, recebeu o nome de Caminhos- uma intervenção urbana, foi realizada pelo grupo Cia EnvieZada, criada em 2003 na Universidae do Rio de Janeiro, tem como objetivo capacitar jovens para as arte.
Full transcript