Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Estudo de Caso - Fisioterapia Neurológica

No description
by

Jéssica Julioti

on 15 September 2014

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Estudo de Caso - Fisioterapia Neurológica

Estudo de Caso - Fisioterapia Neurológica
Fisiopatologia - AVE
Apresentação do Paciente
Queixa Principal do paciente
Não conseguir realizar a marcha adequada devido ao padrão hemiparético;

Queixa Secundária:
Ter dificuldade em segurar objetos.
Dados Pessoais
Nome
: Florisvaldo Silva Luz
Idade
: 69 anos
Diagnóstico
: Acidente Vascular Encefálico Isquêmico a esquerda com hemiparesia a direita incompleta desproporcional de predomínio braquial.
Data da lesão
: 07/06/2013
Início do tratamento
: +/- 20 dias após lesão
Início na Clínica da Uninove
: 04/11/2013
Medicamentos em uso
: Hidroclorotiazida (25mg), Captopril (25mg),
Melformina (500mg), Gluazida (30mg), Omeoprazol (20mg),
AAS (100mg), Sinvastatina (20mg).
A.V.E.
Acidente;
Ocorrência abrupta
Vascular;
Sistema Vascular;
Vasos.
Encéfalo:
Cerebelo;
Cérebro;
Tronco Encefálico.
AVE
Comprometimento das funções neurológicas por mais de 24 horas.
Se apresentar os sintomas, porém
depois
de 24 horas desaparecerem
completamente,
foi um AIT (Ataque Isquêmico Transitório).
Jéssica Julioti Urbano
Chaves MLF. Acidente vascular encefálico: conceituação e fatores de risco. Rev Bras Hipertens. 2000;7(4):372-82.
AVE
Isquêmico (AVEi)
Hemorrágico (AVEh)
Polígono de Willis
Círculo arterial
AVE esquerdo ou direito
Hemicorpo ou duplahemi
Hemiplegia ou Hemiparesia?
força < ou = 2
força > ou = 3
2
2
4
3
4
2
Completo ou incompleto?
Comprometimento da face.
4
2
Proporcional ou desproporcional
Braquial ou crural
Proporcional ou desproporcional
Braquial ou crural
4
2
4
5
2
1
Hemiparético
Completo
Desproporcional
Hemiparético
Incompleto
Proporcional
Hemiplégico
Incompleto
Proporcional
4
2
2
4
Hemiparético
Completo
Desproporcional
com predomínio crural
Hemiparético
Incompleto
Desproporcional
com predomínio braquial
HPMA
: Paciente relata que há 7 anos teve um AVE, mas não houve sequelas. No começo de maio/2013, passou mal e foi levado para o hospital do Mandaqui, permaneceu internado por dois dias e teve alta.
Em 07/06/2013, estava no centro da cidade fazendo o cartão Bom e se sentiu mal. Ao chegar no metrô sentiu sua perna dormente, mesmo assim foi para casa, tomou banho, jantou e dormiu. Ao acordar, não conseguiu andar e foi encaminhado para o Hospital São Luiz Gonzaga. Ao ser examinado não tinha força para apertar a mão do médico. Ficou internado por 8 dias, diagnosticado com AVE.
Na alta hospitalar voltou para casa de cadeira de rodas sem movimento no lado direito e encaminhado a fisioterapia.
Em maio/2014: Assimetria corporal; padrão flexor de membro superior direito; hiperextensão de joelho e abdução de quadril do membro inferior direito durante a marcha; déficit de equilíbrio estático e dinâmico; postura cifótica.
Atualmente:
Ganho de simetria corporal;
melhora do equilíbrio estático e dinâmico; diminuição da postura cifótica.
Função Motora
para esta bateria
Deambulação sem o padrão hemiparético, possibilitando a realização de todas as fases da marcha corretamente.
Objetivos e Condutas
Fatores que interferem
Tônus: Hipertonia elástica (resistência durante a extensão de quadril e joelho - grau 1 na escala de Ashworth).
Coordenação Motora: dismetria durante o teste calcanhar joelho.
Balance: instabilidade com os olhos fechados (estático), realiza o unipodal apenas com apoio. Os testes dinâmicos são realizados, porém com dificuldade.
Encurtamento: tríceps sural
Alterações posturais: pé em inversão e hiperextensão de joelho.
Marcha: abdução de quadril, hiperextensão de joelho e não realiza dorsiflexão.
Adequar o tônus de quadril, joelho e tornozelo;
Sensiblidade superficial: hipoestesia
Aumentar a flexibilidade do tríceps sural;
Aumentar a sensibilidade superficial;
Adequar coordenação motora;
Adequar equilibrio estático e dinâmico;
Corrigir o padrão da marcha.
Condutas
Adequação tônica (mobilização articular + alongamento): quadril + joelho + tornozelo;
Alongamento passivo de tríceps sural;
Descarga de peso em membro inferior hemiparético através do gato e depois em pé realizando unipodal frente ao espelho (descarga de peso + treino de equilíbrio);
Método Kabat em membro superior direito e pelve;
Marcha sobre superfícies irregulares;
Treino de marcha: passos para trás e tríplice flexão.
"Ser fisioterapeuta é ter o dom de cuidar das pessoas, amar o próximo e ver em cada olhar de tristeza, uma esperança. É fazer o paciente acreditar que o topo de sua escalada está cada vez mais próximo."
Rosi Ervati
Full transcript