Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

ASPIRAÇÃO TOT E TQT

No description
by

Romulo Bragança

on 18 June 2015

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of ASPIRAÇÃO TOT E TQT

OBRIGADA!
ASPIRAÇÃO TOT
Se refere à aspiração de tubo oro traqueal, na qual o tubo é inserido pela boca até a traquéia a fim de melhorar os níveis respiratórios.
ASPIRAÇÃO TQT
Se refere a aspiração de Traqueostomia. Traquestomia é um procedimento cirúrgico, pelo qual a cânula é inserida na traquéia por uma incisão cirúrgica.

DIFERENÇA
A diferença básica é que o TOT é colocado através da cavidade oral, e a TQT é feita por cirurgia através da pele do pescoço. Em ambos os casos a finalidade é melhorar o nível respiratório, colocando através da boca um tubo na traquéia (TOT), ou então abrindo um orifício diretamente na traquéia (TQT). Quando o TOT, ou a TQT estão com muita secreção, eles necessitam serem aspirados.
IMPORTÂNCIA
A aspiração é um cuidado de Enfermagem Fundamental na remoção das secreções e o profissional precisa estar habilitado para executar tal procedimento invasivo, a fim de que mantenha a permeabilidade das vias aéreas, maximizando os efeitos terapêuticos e minimizando a lesão das vias aéreas naturais do paciente.
DEVERES DA ENFERMAGEM
- Monitorizar sons respiratórios, gasometria arterial e eletrólitos;
- Posicionar o paciente em fowler;
- Realizar fisioterapia torácica;
- Aspirar vias aéreas, de acordo com a situação clínica: aspiração orotraqueal, aspiração de traqueostomia ou aspiração nasotraqueal;
- Administrar oxigenioterapia, se necessário;
- Realizar higiene oral frequente.
ASPIRAÇÃO TOT E TQT
ASPIRAÇÃO - INDICAÇÕES
É indicada aos pacientes que não conseguem tossir ou expelir naturalmente o acúmulo de secreção pulmonar, como pacientes em coma ou mentalmente confusos, no pós-operatório, politraumatizados, em pacientes com doenças pulmonares, traqueostomizados ou com tubo endotraqueal. Deve ser realizada quando há presença de ruídos durante a ausculta pulmonar, quando a movimentação de secreções é audível durante a respiração, quando há queda na saturação de oxigênio por exemplo.
CUIDADOS DE ENFERMAGEM
- A aspiração deve ser realizada sempre com material estéril;
- Utilizar sempre técnicas assépticas, para reduzir o risco de infecção;
- Cada sonda deve ser usada uma só vez;
- Se houver serviço de fisioterapia, proceder à aspiração após tapotagem;
- Durante a aspiração se o paciente estiver consciente, solicita-lo para tossir, a fim de superficializar a secreção;
- Se a secreção for fluida, não haverá necessidade de injetar solução;
- Não se deve ficar de frente á aspiração de traqueostomia ou paciente entubado (risco de projeção);
- Se o paciente estiver no ventilador, proceder de maneira ágil e conectar novamente o paciente em intervalos curtos;
- Observar as reações do paciente, sudorese, cianose e ritmo respiratório;
- Observar a quantidade, aspecto e consistência da secreção;
- Lateralizar a cabeça do paciente durante a aspiração; pode ser mais eficiente, lado direito para aspirar brônquio esquerdo e lado esquerdo para aspirar brônquio direito.


CONCLUSÃO
A aspiração é uma técnica simples, mas, além de ser desagradável para o paciente, provoca muitos efeitos adversos, incluindo-se os riscos de infecção, o que pode ser minimizado por uma correta escolha da técnica, do tamanho do cateter, da pressão negativa e da regulação do tempo de aspiração. A assepsia é fundamental na aspiraçã A observação visual do acúmulo de secreção e a ausculta pulmonar, é que devem determinar a necessidade de se realizar a aspiração
.
Full transcript