Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

ÁREAS DE ATUAÇÃO DO ENGENHEIRO CIVIL (HIDRÁULICA E HIDROLOGIA)

No description
by

Bruna Emanuelle

on 25 April 2016

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of ÁREAS DE ATUAÇÃO DO ENGENHEIRO CIVIL (HIDRÁULICA E HIDROLOGIA)

CONCEITO DE HIDRÁULICA
A SEGUIR SEGUE ALGUNS EXEMPLOS DE OBRAS DENTRO DA ÁREA DE ENGENHARIA HIDRÁULICA
É um conjunto de medidas para controle das águas pluviais em cidades, visando atender requisitos econômicos, de segurança, pessoal, patrimonial, sanitária e ambiental propiciando o desenvolvimento urbano sustentável. Em cidades há dois níveis de sistemas de drenagem: microdrenagem e macrodrenagem.
DRENAGEM URBANA
É uma parte fundamental de um projeto ele visa definir os estudos hidrológicos levando o em conta os conceitos aprendidos na mecânica dos fluidos e na hidrologia. Consiste em duas fases a preliminar e a definitiva.
Os dados coletados nas duas fases geralmente quem controla é o ANA (agência nacional de águas) com base nos dados fornecidos por esta agência podemos assim definir sua drenagem local.
ESTUDO HIDROLÓGICO
ENGENHARIA HIDRÁULICA
O engenheiro hidráulico é um profissional que desenvolve projetos de sistemas de esgoto, redes de abastecimento de águas, sistemas de irrigação, sistemas de drenagem, obras portuárias, barragens e hidrovias. Aplicando os conceitos da mecânica dos fluidos que utiliza a gravidade como força matriz para provocar a movimentação dos fluídos. É fundamental que o engenheiro hidráulico tenha interesse em resolver questões sociais e ambientais pois ao longo do seu trabalho se depara com diversos problemas desde tratamento de esgotos até uma desapropriação de leitos e várzeas de um rio por exemplo.
CONCEITO DE HIDROLOGIA
A palavra hidrologia vem do grego pela união de hydro=água, e logos=estudo. É a ciência que estuda a ocorrência, distribuição e movimentação da água no planeta terra. Resumindo em palavras leigas hidrologia é a ciência que estuda as várias partes de um ciclo hidrológico.
A palavra hidráulica vem do grego pela união de hydro=água e aulos=condução/tubo. É uma parte da física que estuda o comportamento dos fluídos em movimento e/ou repouso. Os primeiros projetos de engenharia hidráulica foram desenvolvidos há milhares de anos na Roma antiga e destinavam–se a irrigação dos campos. A parte teórica da hidráulica chama-se mecânica dos fluidos.
Hidrostática – trata dos fluidos parados;
Hidrocinética – trata dos fluidos em movimento;
Hidrodinâmica – leva em consideração as forças envolvidas no escoamento dos fluidos;
O ESTUDO DELA SE DIVIDE EM 3 PRINCIPAIS TÓPICOS:
Gerenciamento de bacias;
Navegação;
Irrigação;
Drenagem;
Abastecimento de água;
Controle de cheias;
Controle de poluição;
Barragem;
Previsão hidrológica.
PRINCIPAIS APLICAÇÕES DA HIDROLOGIA:
Constituído, em grande parte, por canais naturais conformados à drenagem. A macrodrenagem utiliza um tempo de recorrência menor ou igual a 25 anos e visa preservar vidas e propriedades. Dimensiona canal natural e a artificial, galeria maior que 1,5m, túnel extravasor, reservatório, dique.
MACRODRENAGEM
ÁREAS DE ATUAÇÃO DO ENGENHEIRO CIVIL

HIDRÁULICA E HIDROLOGIA
ALGUMAS APLICAÇÕES DA HIDRÁULICA:
Construção de bombas;
Turbinas;
Obras de saneamento fluviais e marítimas;
Diques;
Quebra mares;
Portos;
Vias navegáveis;
Emissários submarinos;
Estações de tratamento de água e de esgotos;
NA IMAGEM ESTÁ REPRESENTADO UM CICLO HIDROLÓGICO
SISTEMA DE DUTOS
Sistema de dutos (bombeamento e gravidade)
FASE PRELIMINAR
Objetivos:
Coletar dados hidrológicos;
Definir as bacias de contribuição;
FASE DEFINITIVA
Serão analisando todos os dados coletados na fase preliminar: tempo de recorrência; tempo de concentração; coeficiente de impermeabilidade (também chamado run-off); tudo isso será analisado e levando em conta de acordo com as chuvas da região para que seja definida a vazão da bacia e com base nela podemos assim definir a galeria bueiro ou ponte e pontilhão do seu projeto.
PLUVIOGRAFO
Instrumento usado para a coleta de dados de chuva da região
MICRODRENAGEM
Afasta a água do escoamento superficial direto, resultante de uma chuva intensa e frequente para o segundo nível, a microdrenagem utiliza um tempo de recorrência (é o intervalo de tempo entre uma chuva máxima e outra) menor ou igual a dez anos e visa transitar pessoas e veículos com conforto e segurança. Dimensiona sarjetas, boca coletora, galerias de até 1,5m, poço de visita.
Sarjeta caindo em uma caixa coletora
Bueiro celular de concreto (galeria)
No quesito estradas é fundamental um engenheiro hidráulico, tendo em mente que com sua experiência e sabedoria no assunto ele irá aplicar seus conhecimentos na parte de hidrologia para fazer o projeto de drenagem de uma estrada, um projeto de drenagem bem feito é fundamental pois a água quando não levada em consideração pode causar um estrago gigantesco em sua obra.
Barragem Itaipu
Transposição do Rio São Francisco
Canal do Panamá
Aqueduto das águas livres
REFERÊNCIAS
https://pt.wikipedia.org/wiki/Hidr%C3%A1ulica

https://pt.wikipedia.org/wiki/Hidrologia

http://portaldoprofessor.mec.gov.br/fichaTecnicaAula.html?aula=37396

http://www.ebah.com.br/content/ABAAAAu2YAA/modal-transporte-dutoviario

http://www.sulinfoco.com.br/primeira-etapa-de-pavimentacao-da-sc-447-esta-praticamente-concluida

http://moisesarruda.blogspot.com.br/2014_11_01_archive.html

IS_203_Estudos_ Hidrológicos_Diretrizes

Curso Drenagem Urbana IFPR
ENTREVISTA COM O ENGENHEIRO CIVIL
EDUARDO DE ASSIS CABRAL
CREA 78.319/D - PR
EM QUAIS ÁREAS DA ENGENHARIA UM ENGENHEIRO HIDRÁULICO PODE SE ESPECIALIZAR?
Ele pode trabalhar na área de construção civil (edificações), com projetos hidráulicos residenciais e comerciais.
Também pode atuar na área de infraestrutura, para projetos de barragens, canais de drenagem e irrigação, sistemas de abastecimento de água, drenagem de rodovias e vias urbanas entre outros;
EXISTE UMA GRANDE DEMANDA DE PROJETOS NESTA ÁREA? COMO ESTÁ O MERCADO DE TRABALHO ATUALMENTE?
PARA PODER SE ESPECIALIZAR APÓS ESTAR FORMADO EM ENGENHARIA CIVIL, COMO PODE SER FEITO?
QUAIS OS PRINCIPAIS RISCOS CASO UMA DRENAGEM SEJA MALFEITA? CITANDO DOIS DELES:
QUANTO POR CENTO MAIS OU MENOS DO CUSTO DE UMA OBRA, REPRESENTA A DRENAGEM?
NA SUA EXPERIÊNCIA COMO UM ENGENHEIRO HIDRÁULICO, O QUE VOCÊ DIRIA PARA ALGUÉM QUE ESTA COMEÇANDO NO RAMO?
UM ENGENHEIRO HIDRÁULICO VAI MUITO A CAMPO? OU FICA MAIS NO ESCRITÓRIO PARA DESENVOLVER O PROJETO MENCIONADO?
EM UMA ESCALA DE 1 A 10 COMO VOCÊ AVALIARIA A DIFICULDADE DE UM PROJETO DE DRENAGEM PERANTE AS OUTRAS ETAPAS DE UM PROJETO?
Na área de infraestrutura rodoviária, que é a área em qual atuo, há uma boa demanda de trabalhos, e necessidade de profissionais para trabalhar com projetos de drenagem rodoviária, de vias urbanas, sistema de controle de cheias entre outros.
Deverá buscar cursos de capacitação e aprimoramento nas áreas de hidrologia e drenagem.
São vários. Numa drenagem urbana, seja de vias, ou macrodrenagem, os riscos de alagamento de áreas com ocupação residencial. No caso de uma rodovia, pode ocorrer defeitos de pavimento, riscos de aquaplanagem, ou até mesmo o colapso de sistemas podendo cair pontes, ou partes de uma estrada.
Isso varia se é uma implantação toda nova, ou uma ampliação. Também varia de acordo com a região que está sendo feita essa obra. Mas podemos dizer que esses valores representam de 15 a 30% do valor total da obra.
Estudar bastante, e ser muito criterioso. Pois a drenagem no plano dos projetos, é tratada como um assunto secundário, mas o seu papel é fundamental em termos de segurança e vida útil de uma obra.
Ele deve sempre ir a campo, para conhecimento de todo o problema. Pois no caso de projetos de drenagem, a abrangência da área de estudo é superior a extensão do projeto, devendo-se estudar toda a bacia, e toda a drenagem do entorno.
Pelo menos 8. Devido a complexidade de informações trabalhadas, e a quantidade de dados que se deve pesquisar, dados esses nem sempre fáceis de se obter.
Full transcript