Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

DIFICULDADES QUE O JOVEM ENFRENTA AO CONCILIAR OS ESTUDOS CO

No description
by

NAINA ALMEIDA

on 24 June 2015

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of DIFICULDADES QUE O JOVEM ENFRENTA AO CONCILIAR OS ESTUDOS CO

TEMA PROBLEMA
Estudar e trabalhar são duas atividades que separadamente ou somadas fazem parte da trajetória de vida da maioria dos brasileiros. A dificuldade que as pessoas têm de conciliar essas atividades depende da elaboração de uma analise do indivíduo levando também em consideração os fatores sociais, econômicos, culturais e psicológicos do ser humano.
HIPÓTESES
Muitas vezes é difícil conciliar estudos e trabalho e o resultado final acaba não sendo como esperado. Por isso, é importante saber como montar um plano de estudos. Planejando o tempo de forma adequada, buscando sempre garantir um estudo eficiente por um período de tempo.
OBJETIVOS
5.1 OBJETIVO GERAL
Identificar e comentar as características que o trabalho apresenta para os jovens trabalhadores.

5.2 OBJETIVOS ESPECÍFICOS
Analisar o plano de estudo como forma de organização dos tempos disponíveis para estudo em conciliação com o trabalho.
Identificar os fatores que contribuem para conciliar o trabalho e o estudo e as variáveis que afetam o processo, explicando o porquê das coisas estarem da maneira em que estão nos dias atuais.


JUSTIFICATIVA

* Dificuldades que o jovem vivencia durante a vida acadêmica.

*A disponibilidade do curso noturno é extremamente importante, pois permite ao estudante realizar tarefas durante o período do dia, entre elas a possibilidade de trabalhar.

*Estudantes possuem seu tempo reduzido com a família, obstáculos contrários ao exercício do estudo extraclasse, dificuldade de aprendizado, muitas vezes relacionada com a carga horária de trabalho, sono reduzido e nível elevado de estresse.

* O acesso ao trabalho significa o acesso ao consumo
Metodologia Científica - Prof. Benício Backes
DIFICULDADES QUE O JOVEM ENFRENTA AO CONCILIAR OS ESTUDOS COM O TRABALHO

Naina Almeida ; Pamela Suellen

Quais as dificuldades que o jovem enfrenta ao conciliar o trabalho com os estudos?
OBJETIVOS
5.1 OBJETIVO GERAL
Identificar e comentar as características que o trabalho apresenta para os jovens trabalhadores.

5.2 OBJETIVOS ESPECÍFICOS
Analisar o plano de estudo como forma de organização dos tempos disponíveis para estudo em conciliação com o trabalho.
Identificar os fatores que contribuem para conciliar o trabalho e o estudo e as variáveis que afetam o processo, explicando o porquê das coisas estarem da maneira em que estão nos dias atuais.


METODOLOGIA
O presente estudo tem objetivo descritivo, onde a finalidade é observar, registrar e analisar os fenômenos ou sistemas técnicos dos fatos estudados.
Os procedimentos técnicos passam pela bibliografia, levantamento de dados e entrevistas com o publico estudado.
Verificar como os jovens aderiram a ideia de trabalhar e estudar, se acabou tornando mais difícil conciliar a vida pessoal e financeira ou se está sendo fácil conciliá-las.
Será realizada uma abordagem quantitativa, onde o público entrevistado responderá a um questionário bem estruturado, construído por perguntas claras e objetivas, responsáveis pela uniformidade do entendimento dos entrevistados.
As entrevistas serão realizadas entre jovens de 18 a 25 anos estudantes de universidades da região do Vale dos Sinos.



EMBASAMENTO TEÓRICO

Universidade Feevale - Junho de 2015
EMBASAMENTO TEÓRICO
CRONOGRAMA
ETAPAS/MÊS/2015 JULHO AGOSTO SETEMBRO OUTUBRO NOVEMBRO

Revisão de literatura x x
Definição dos capítulos x
Embasamento teórico x x x
Coleta de dados x
Redação x
Revisão linguística x
Ajustes x
Entrega /apresentação x


A formação acadêmica é fundamental para a capacitação profissional de muitos jovens, observou-se nos últimos anos um grande aumento da população estudante, onde a maioria são jovens entre 15 a 26 anos, com características distintas, como classe social, objetivos, expectativas, faixa etária, situação de trabalho e horário de estudo.
Há uma clara dificuldade dos alunos em conciliar trabalho e estudo. Sendo assim, o rendimento desse aluno acaba sendo prejudicado e com isso enfrentam maiores dificuldades para acompanhar o curso, decorrendo consequentemente, de um menor rendimento acadêmico. Fatores como sono e o cansaço também, são apontados como os mais comprometedores do rendimento pelos alunos do noturno.
Lei n.º 7/2009
O trabalhador-estudante pode faltar justificadamente no dia da prova e no imediatamente anterior, o trabalhador-estudante, ao prestar trabalho suplementar, também podendo adquirir o direito a descanso compensatório com duração de apenas metade do número de horas prestadas.

ORÇAMENTO
HISTÓRICO CUSTO R$

Material de consumo R$ 120,00
Cópias R$ 82,80
Encadernação R$ 26,20


REFERÊNCIAS
AQUINO, Julio Gropa. A relação professor-aluno: do pedagógico ao institucional. São Paulo: Summus, 1996.
BRASIL, 2009. Lei n.º 7/2009, de 12 de Fevereiro. Disponível em: <http://www.uc.pt/colegioartes/Cr/reg/trabest1>. Acesso em: 02 junho 2015.

CARDOSO, Ruth C. L.; SAMPAIO, Helena. Estudantes universitários e o trabalho. Disponível em:<http://www.anpocs.org.br/portal/publicacoes/rbcs_00_26/rbcs26_03.htm>. Acesso em: 18 maio 2015

ESTEVES; Luiz Carlos Gil; ABRAMOVAY, Miriam. Juventude, Juventudes: pelos outros e por elas mesmas. In: ABRAMOVAY, Miriam; ANDRADE, Eliane Ribeiro; ESTEVES; Luiz Carlos Gil. (Orgs.). Juventudes: outros olhares sobre a diversidade. Brasília : Ministério da Educação, Secretaria de Educação Continuada, Alfabetização e Diversidade; Unesco, 2007. p. 19-54.

MOREIRA, Cristina Alves; LIMA, Fernada Moreira; SILVA, Priscilla Nicácio. A difícil tarefa de acadêmicos de Curso Noturno em conciliar trabalho e estudo.Revista Eletrônica da Univar. n.6 p. 51 – 56, 2011.Disponível em: <http://www.univar.edu.br/revista/downloads/adificil-tarefa-dos-academicos.pdf>. Acesso em: 25 maio 2015.

NARA FURTADO DE ABRANTES, Nyedja. Trabalho e estudo: uma conciliação desafiante. IV FIPED. Fórum Internacional de Pedagogia. Campina Grande: Realize, 2012. Disponível em: <http://www.editorarealize.com.br/revistas/fiped/trabalhos/ed3d2c21991e3bef5e069713af9fa6ca.pdf>. Acesso em: 18 maio 2015.

ZORZI; Analisa; KIELING, Francisco dos Santos; WEISHEIMER, Nilson; FACHINETTO, Rochele Fellini. Sociologia da juventude. Editora InterSaberes, 1ª Edição, 2013.
adernação
Full transcript