Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Fisica 12º ano- Nucleos Atómicos e Radioctividade

Núcleos atómicos e radioatividade
by

José Leite

on 5 June 2013

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Fisica 12º ano- Nucleos Atómicos e Radioctividade

Efeitos biológicos da radioatividade, dose de radiação absorvida e dose equivalente biológica Conclusão Física 12º ano
Núcleos atómicos e radioatividade Docente:
Júlia Rodrigues
Discentes:
Diogo Perira Nº 12
João Massena Nº 17
José Leite Nº 18

12º B Introdução Energia de ligação nuclear e estabilidade dos núcleos Processos de estabilização dos núcleos: decaimentos radioativos Propriedades das emissões radioativas (alfa, beta e gama) Lei do decaimento radioativo e período de decaimento Aplicações da radiação ionizante Detetores de radiação ionizante Reações nucleares: cisão nuclear e fusão nuclear Núcleos atómicos e radioatividade;
O que é a física moderna;
Importância da física moderna na nossa vida, nomeadamente, na tecnlogia que nos rodeia; Bibliografia http://www.if.ufrgs.br/tex/fis142/fismod/mod01/index.html
http://www.portalsaofrancisco.com.br/alfa/modelo-atomico-de-rutherford/modelo-atomico-de-rutherford.php
http://fisicaradioactiva.blogspot.pt/p/efeitos-biologicos-da-radioactividade.html
VENTURA, Graça; FIOLHAIS, Manuel; FIOLHAIS,Aplicações da radiação ionizante
O corpo humano está constantemente sujeito a radiações ionizantes.
As radiações ionizantes naturais são provenientes:
. Radioactividade terrestre (rochas do solo)
.Dos raios cósmicos
.No corpo humano , um adulto tem 2g de potássio por cada quilograma.
Fontes artificias:
. aparelhos de raios X
.isótopos radioactivos para utilização na agricultura, na industria e em medicina
.reactores nucleares
No diagonóstico clínico, os raios X de origem atómica são muito utilizados , també são utilizados isótopos radioactivos como “marcadores” ,como por exemplo, o iodo-123 é muito usado para verificar o funcionamento da tiróide.
Carlos; PAIXÃO, José António (2009).12 F Física - 12ºano.Texto Editores.1.ªedição.
http://www.prof2000.pt/users/eta/rad_ion.htm Os detetores a gás são conhecidos também como detetores por ionização em gases. Isto porque a radiação incidente no volume sensível (o gás) cria pares de iões que podem ser contados em um dispositivo de medida elétrica (unidade de leitura). Radiações αalfa

Atualmente sabe-se que há núcleos instáveis. A emissão de partículas α ou β é o modo encontrado pelo núcleo para aliviar essa instabilidade.

As partículas alfa são constituídas por 2 protões e 2 neutrões, isto é, o núcleo de um átomo de hélio . Quando um núcleo as emite, perde 2 protões e 2 neutrões. Radiação beta

A radiação beta é a que possui carga negativa, por isso assemelha-se aos eletrões. Os raios beta são mais penetrantes e menos energéticos que as partículas alfa, conseguem atravessar o papel alumínio, mas são facilmente barrados por pedaços de madeira.

Ao emitir uma partícula β, o núcleo tem a diminuição de um neutrão e o aumento de um protão. Desse modo, o número de massa permanece constante. Radiação gama

A Radiação gama não é muito energética, mas é extremamente penetrante, podendo atravessar o corpo humano, é detida somente por uma parede grossa de chumbo ou por algum tipo de metal. Por tais características, essa radiação é nociva à saúde humana, ela pode causar má formação nas células.

Observação importante: apenas os raios alfa e beta possuem carga elétrica, os raios gama são isentos de carga.
Sem o devido conhecimento, estas três radiações podem representar perigo, mas quando são devidamente usadas se tornam úteis, principalmente na medicina: são empregadas no tratamento de tumores cancerígenos. 𝛌 r é o tempo médio de vida.
O período de semi-desintegração T1/2 (ou seja o tempo que leva o número
de núcleos da referida espécie a reduzir-se a metade) é: Reacções Nucleares

Reacção nuclear, é qualquer reacção em que ocorra modificação de um ou mais núcleos atómicos, onde dois ou mais átomos se unem ou um átomo sofre fissão nuclear. Fissão nuclear Centrais Nucleares Fusão nuclear Iter





“The way to new energy” Processos de estabilização dos núcleos: decaimentos radioactivos

A radioactividade foi descoberta ,em 1896, pelo físico Henri Becqueral ,enquanto estudava a emissão e a absorção de luz pela matéria.
Ao investigar a emissão de raios X a partir de um processo de absorção de luz com uma certa frequência e a sua reemissão com outra frequência, a que se dá o nome de fluorescência de sais de uranio neste caso, becquerel notou que este composto emitia uma radiação penetrante, mesmo sem uma influência externa.
A radioactividade consiste na transformação de um núcleo juntamente com a emissão de particulas carregadas ou de radiação electromágnetica , a este processo pode-se chamar decaimento
O núcleo resultante pode ser estável ou radioactivo Aplicações da radiação ionizante
O corpo humano está constantemente sujeito a radiações ionizantes.
As radiações ionizantes naturais são provenientes:
. Radioactividade terrestre (rochas do solo)
.Dos raios cósmicos
.No corpo humano , um adulto tem 2g de potássio por cada quilograma.
Fontes artificias:
. aparelhos de raios X
.isótopos radioactivos para utilização na agricultura, na industria e em medicina
.reactores nucleares
No diagonóstico clínico, os raios X de origem atómica são muito utilizados , també são utilizados isótopos radioactivos como “marcadores” ,como por exemplo, o iodo-123 é muito usado para verificar o funcionamento da tiróide. Ernest Rutherford
carga positiva mas que esta estava concentrada no núcleo (núcleo atómico) e que os eletrões descreveriam órbitas circulares em altas velocidades (zona chamada de eletrosfera). Avanços tecnológicos
carga do eletrão era simétrica á do protão e que a massa de um protão era praticamente igual à massa de um neutrão e que, por sua vez, era 1836 vezes superior á massa do eletrão.
neutrões têm um papel preponderante na estabilidade nuclear, ou seja, em manter a coesão do núcleo. É através da sua massa, que os neutrões contribuem para que haja uma força nuclear forte: neutrões e protões exercem uma atracão entre si, o que compensa a repulsão elétrica entre protões.  Energia de ligação do núcleo  vs Estabilidade do núcleo

Energia de ligação nuclear como sendo a energia necessária para retirar todos os nucleões que constituem um núcleo atómico. Um individuo quando está exposto a radiações ionizantes, tais como, partículas , partículas ou raios X pode sofrer alterações biológicas, uma vez que, a radiação ioniza os átomos, modificando as moléculas onde estão contidos, e estas irão alterar as células que as contêm. Esta reação em cadeia, pode fazer com que as células expostas sofram diversas consequências decorrentes dessas alterações.  Tipo, dose e tempo de exposição à radiação ionizante;
 Quantidade de radiação recebida anteriormente pelo organismo;
 "Textura orgânica individual", pois somos todos diferentes e reagimos de maneiras diferentes à mesma radiação; dose absorvida

corresponde á energia transferida pela radiação por unidade do material Dose de radiação equivalente
tem como base os efeitos provocados por uma determinada radiação num órgão ou tecido e os efeitos provocados por uma radiação de referência (Raio X de 200 keV) O conhecimento a respeito da estrutura do átomo e das suas características torna possível uma boa compreensão sobre os fenómenos relacionados ao seu núcleo que representa a região mais energética de toda a matéria e corresponde à menor parte do átomo, concentrando praticamente toda a massa deste.
Neste momento, já somos capazes de entender melhor a respeito da radioatividade e de toda a energia nuclear, podendo então participar mais ativamente no mundo em que vivemos, no qual as tecnologias estão cada vez mais próximas de nós, muitas vezes, sem darmos conta.
Full transcript