Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Equilíbrio Químico by Afonso Azevedo

Ao criar peixes em aquário, é essencial que se mantenha o pH da água num valor adequado, que depende da espécie de peixe. O conceito de pH e a sua utilidade serão vistos nesta aula.
by

Afonso Azevedo

on 9 November 2012

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Equilíbrio Químico by Afonso Azevedo

Nada informa sobre a rapidez da reação Equilíbrio Químico O equilíbrio químico é constante e dinâmico Como V1 e V2 Variam com o tempo Constante de equilíbrio Kc Espontaneidade de uma reação Grau de Equilíbrio O grau de equilíbrio será sempre um número entre 0 e 1 [ou seja, entre 0% e 100%], que expressa o rendimento da reação.
Assim, por exemplo, dizer que uma reação apresenta = 26% equivale a dizer que seu rendimento é 26%. As substâncias que dão os sabores artificiais em alimentos, como balas e doces, são chamadas de ésteres e são obtidas em uma reação representadada pelo equilíbrio entre um ácido e um álcool. A formação de estalagmites e estalactites se dá por um processo de equilíbrio entre carbonato/bicarbonato de cálcio e a água. A absorção de certos medicamentos se dá no estômago, onde se estabelece um equilíbrio entre esse medicamento e os ácidos ali encontrados. Quem participa do Kc?

Gases e Aquosos Quem participa do Kp?

Gases Princípio de Le Chatelier Equilibrio Iônico Constante de Ionização dos Ácidos Ka Á Ácidos e Bases em Solução Escalas de pH e pOH Lei de diluiçao de Ostwald Equilibrio Heterogêneo Expressão matemática de Kc para equilíbrios heterogêneos Produto de solubilidade Solubilidade e Temperatura Solução Tampão pH = potencial hidrogeniônico
calcula a acidez do meio
pOH = potencial hidroxiliôico
calcula a basicidade do meio Resumo Equílibrio Químico 1 2 Expressão matemática da constante de equilíbrio em função das concentrações (Kc) Expressão matemática da constante de equilíbrio em função das pressões (Kp) Não figuram explicitamente sólido e solvente Só figuram substâncias em fase gasosa Equilíbrio de sólido iônico com seus íons em solução aquosa Solução saturada (na presença de corpo de fundo) Solução saturada (na ausência de corpo de fundo) Solubilidade (ou coeficiente de solubilidade) Princípio de Le Chatelier 3 Solução supersaturada Precipitação do excesso de soluto dissolvido 5 4 Função crescente da temperatura Função decrescente da temperatura Dissolução endotérmica Dissolução exotérmica Equilíbrio Heterogêneo com participantes em mais de uma fase é um pode sofrer de acordo com o cuja constante de equilíbrio (Kc) é chamada Equilíbrio Químico Equílibrio químico Equilíbrio dinâmico Constante de equilíbrio em função das concentrações (Kc) Constante de equilíbrio em função das presões (Kp) Reação direta Reação inversa 1 3 K Reação 2 Valor muito baixo Valor muito alto Reação muito espontânea Reação pouco espontânea Princípio de Le Chatelier Variação da concentração de um participante Variação da pressão total Variação da temperatura Não altera o valor de K Altera o valor de K K é função crescente da temperatura K é função decrescente da temperatura 6 7 4 5 Equilíbrio Iônico em Solução Equilíbrio na vida Hidrólise Salina Para a reação:
SO2[g] + Cl2[g] <-> SO2Cl2[g]
a uma temperatura particular, Kc = 55,5. Se 1 mol de SO2[g] e 1 mol de Cl2[g] são colocados em um recipiente de 10,0 L, qual será a concentração de SO2Cl2[g] ao se atingir o equilíbrio?
a.0,055 mol/L
b.0,034 mol/L
c.0,13 mol/L
d.0,84 mol/L
e.0,066 mol/L A 500°C, NO reage com Cl2, para formar NOCl, segundo a reação:
2 NO + Cl2 <-> 2 NOCl Kc = 2,1.10^3
Em qualquer mistura destas três espécies, em equilíbrio, podemos afirmar que:
a. A concentração de pelo menos uma das espécies, NO ou Cl2, será muito maior que a concentração de NOCl
b. A concentração de pelo menos uma das espécies, NO ou Cl2, será muito menor que a concentração de NOCl
c. A concentração de NOCl será exatamente 2100 vezes o produto das concentrações de NO e Cl2
d. A concentração de ambos, NO e Cl2, será muito maior que a concentração de NOCl
e. A concentração de ambos, NO e Cl2, será muito menor que a concentração de NOCl A 1800 K, oxigênio dissocia “levemente” em seus átomos
O2[g] <-> 2 O[g] Kp = 1,7.10^-8
Se você toma 1,0 mol de O2 em um recipiente de 10 L e aquece a 1800 K, o número de átomos de oxigênio O[g] que estarão presentes no frasco, será da ordem de:
a.10^17
b.10^19
c.10^21
d.10^23
e.10^25 Constante de equilíbrio Kp e sua relação com Kc Agricultura e Fritz Haber Qual o pH de uma solução onde foram misturados 50 mL de HCl a 0,14 molar e 50 mL de NaOH a 0,1 molar? Log 2 = 0,3.
a.1,5
b.1,7
c.1,9
d.2,1
e.2,3 Em um balão fechado e sob temperatura de 27°C, N2O4[g] está em equilíbrio com NO2[g]. A pressão total exercida pelos gases dentro do balão é igual a 1,0 atm e, nestas condições, N2O4[g] encontra-se 20% dissociado.Para a temperatura de 27°C e pressão total dos gases dentro do balão igual a 0,1 atm, determine o grau de dissociação do N2O4[g].
a.54,23%
b.37,45%
c.23,05%
d.22,23%
e.12,78% Afonso Azevedo Junior afsazevedojunior@gmail.com
Full transcript