Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

A Tipografia

No description
by

Mariana Lourenço

on 6 November 2012

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of A Tipografia

A Tipografia 1. A anatomia do Tipo Estilo Moderno Estilo Serifado Estilo Decurativo Estilo sem Serifa Estilo "De Stijt" A classificação de Tipos divide-se entre vários que são:
Estilo Antigo- Baseado na escrita à mão dos escribas, que trabalhando com uma pena.
Exemplos de sensações: antigo, tradicional, requinte, artesanal, etc.
Exemplos de tipos: Goudy, Times e Palino. Criado em 1700 em Itália, com a evolução das técnicas de impressão mecânica. Derivado do romano clássico, visando uma melhoria na legibilidade das letras;
Exemplos de sensações: solidez, robustez, destaque;
Exemplos de tipos: Bodoni, Times Blond; Também conhecido como estilo egípcio, surgiu depois da Revolução Industrial com conceito de propaganda;
Exemplos de sensações: padronização, processo
Exemplos de tipos: Clarendon, Memphis. Estilo Manuscrito Criada em paralelo e estilo de design Vitoriano (1820), apresenta variações exageradas de peso e tamanho, contornos e ornamentos;
Exemplos de sensações:luxo, encanto, entretenimento, excesso. Estilo alemão de design, criado no início do séc. XX, que possuía sua própria tipografia;
Rigorosa precisão na divisão do espaço, assimetria, retangularidade, cores primárias, linhas negras, simplificação, padronizaçao e legibilidade.
Exemplos de sensações: rigidez, exatidão, inovaçao, futurismo. Classificação de Tipos http://www.slideshare.net/barao/tipografia-95866
http://www.slideshare.net/guest788d5c4/anatomia-tipogrfica
http://issuu.com/macki/docs/type Foi criado em 1919, pela Escola de Artes e Ofício de Weimar, para estilo alemão Bauhaus;
Estética clara legível, letras minúsculas e geométricas com linhas obliquas e verticais, rejeita ornamentos, grandes numerais;
Exemplos de sensações: clean, rigidez, exatidão, inovação;
Exemplos de tipos: Antique Olive, Formata, Gill Sans, Sans Serif, Arial, Franklin Gothic. Simulam letras cursivas, como se fossem feitas a mão;
Possui vários estilos que se apropriam de alguns elementos de outros tipos;
Exemplos de sensações: realidade, verídico, artesanal. Estilo Punk Estilo britânico de design na década de 70 para promover o movimento cultural;
Mistura de letras recortadas com letras cursivas, apresentam ruído, não possuem ordem ou acabamento.
Exemplos de sensações: caos, ruído, falta de padrão, artesanal, desorientação. Família de Tipos É um conkunto de fontes com as mesmas características estilísticas fundamentais, porém apresentadas com variações de espessura, largura, altura e outros detalhes.
Algumas destas variações são mais frequentes nas famílias tipográficas e recebm nomes que tornam-se conhecidos pelo público em geral, tais como bold, light, regular, itálico, dentre outros. Escolha de Tipos 2.Legibilidade e Regras Diretrizes Tipográficas Para se escolher a tipografia deve-se ter em conta os seguintes fatores:
Largura da Coluna de Texto: deve ser dada em relação ao tamanho da fonte. O ideal é que caibam de 50 a 80 toques por coluna, para não comprometer a legibilidade.
Altura das linhas: deve ser dada em função do espaçamento entre as palavras e a largura da coluna. A altura deve ser maior do que o espaçamento dado entre as palavras, e deve ser proporcional ao tamanho da coluna, crescendo conforme a coluna cresce. Texto em reverso: usado para melhorar a legibilidade. Se o texto possui cor clara e o fundo da página for escuro, o ideal é aumentar o espaço entre os caracteres e a altura da linha, e diminuir o peso da fonte.
Espaçamento: dado em função do tamanho da coluna. Quanto menor a coluna, menor o espaçamento para melhorar a legibilidade.
Fonte: o ideal é que a seja comum. O melhor é escolher fontes com serifas (como Garamond e Times) para escrever o corpo do texto, e sem serifas (como Arial e Helvética) para os títulos. O ideal é usar fontes cuja família tenha opção com e sem serifa, para manter a identificação do texto tanto no título quando no corpo. A fonte também deve ter todos os diacríticos necessários, para que não seja necessário alterar a fonte depois.
Definição: a fonte deve ter definição de contorno, não sendo fina ou grossa demais. O ideal é que ela tenha boa definição para aumentar a legibilidade.
Estilos: a fonte deve possuir romano e itálico na mesma fonte, para não haver variação no material. Espacejamento das linhas O espacejamento, é de dois tipos: entre letras e entre palavras. No caso de letras pode ser normal, solto ou apertado. O espacejamento entre palavras deve ser o menor possível e sobretudo consistente. Espaço inconsistente cria "rios" no texto, dificultando a leitura. Quanto mais espaçado maior a definição entre as linhas de texto, do mesmo jeito que o espaçamento entre letras e palavras também ajudam a agrupar a diferenciá-las.
Por outro lado, um espaçamento muito grande pode tornar o processo natural de percorrer a linha até o final e passar ao início da linha seguinte, mais longo do que o necessário tornando-se cansativo. Espacejamento entre letras e palavras Largura das linhas A largura de uma letra é a relação entre as hastes e o espaço branco entre eles. Uma proporção que é, historicamente, considerada normal é de uma fonte feita emcima de um retângulo vertical, numa proporção aproximadade 4x5. O desenho de uma letra parece “normal” ao leitor quando sua largura é cerca de um quinto menor que suaaltura e de acordo com esta relação podemos definir umafonte como bold, normal, light, etc. Por exemplo umaestrutura de uma fonte onde a largura é apenas metade daaltura é considerada condensada, enquanto outra quepreenche a forma de um quadrado é denominada expandida.
Full transcript