Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Teoria Contingencial e Administração por objetivos

Seminário ADM II
by

Isabella Moura

on 15 March 2013

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Teoria Contingencial e Administração por objetivos

Variáveis Tecnológicas Variáveis Políticas Variáveis Legais Variáveis Econômicas Variáveis Sociais Variáveis Demográficas TEORIA CONTINGENCIAL Origem Teoria dos Sistemas Ambiente de Tarefa Lawrence & Lorsh Joan Woodward Alfred Chandler OBJETIVO: SABER COMO O AMBIENTE INFLUENCIA NAS TOMADAS DE DECISÕES A empresa desenvolve suas atividades e estabelece seu domínio. Constituído de
CLIENTES;
FORNECEDORES;
CONCORRENTES;
GRUPOS REGULAMENTADORES Dinâmica do Ambiente
Uso da percepção nas influências positivas e negativas para lidar com as incertezas. Ambiente externo independente; ambiente interno independente.
Diferenciação e integração Relação entre:
Tecnologia e estrutura organizacional
Estrutura organizacional e sucesso empresarial Estrutura organizacional determinada pela estratégia DESENVOLVEDORES DA TEORIA Resumo Origem Conceito É um processo no qual gerentes e subordinados
identificam objetivos comuns , definem as áreas de responsabilidade e
resultados de cada um e utilizam como guia para sua atividade 1954: Práticas da Administração de empresas – Peter Drucker. 1. Objetivos específicos
2. Tempo Definido
3. Feedback Princípios da Administração por Objetivos 1992
Balanced Scorecard Formação de Objetivos 3.Expectativa de acionistas e dos dirigentes Estratégicos
Táticos
Operacionais Tipos Posição competitiva no mercado

Liderança do produto

Aumento de vendas e rendimentos sobre o ano anterior Assuntos/Alvos 1.Analisar os temas do negócio
2.Analisar as tarefas do gerente
3.Definir os objetivos
4.Determinar os padrões de medidas dos resultados
5.Selecionar temas específicos
6.Detalhar objetivos até o último nível executivo
7.Conseguir a participação integrada de todas as áreas Passos necessários para a fixação de objetivos Avaliação de Desempenho PAPEL DO AMBIENTE

SUPREMACIA DO TERRITÓRIO

TECNOLOGIA Equilíbrio de Objetivos “Poucas coisas distinguem tão bem a administração competente da incompetente quanto o desempenho em matéria de equilíbrio de objetivos.” - Drucker Tom Burns Indústrias mecânicas e orgânicas Riscos da APO e soluções segundo o livro "Administração por Objetivos"
João Bosco Lodi Bibliografia CARACTERÍSTICAS GERAIS Ambiente Geral Sistema de Produção Estudo de caso
Banco do Brasil ADMINISTRAÇÃO POR OBJETIVOS - APO 1.Ambiente externo: Recursos, oportunidades, limitações, desempenho das organizações concorrentes e necessidades do consumidor. 2.Ambiente interno: Limitações, recursos e possibilidades da própria empresa Administração de empresas: uma abordagem contingencial; Idalberto Chiavenato
Gestão empresarial, Ademir ferreira e outros.
Administração por Objetivos João Bosco Lodi
http://meuartigo.brasilescola.com/administracao/administracao-por-objetivos.htm
http://g1.globo.com/economia/seu-dinheiro/noticia/2012/09/sob-pressao-bancos-reduzem-juros-veja-taxas-medias-cobradas.html Principal risco: Controle puramente financeiro gerou apatia e descontentamento nos níveis médio e inferior; Desconexão ente objetivos de curto e longo prazo; Gestão problemática de objetivos táticos Fixar Objetivos considerando as necessidades dos que devem ser alcançados a curto e longo prazo; Avaliar e Premiar o desempenho para o alcance dos dois tipos; Liberalizar a educação dos executivos; tornando-os mais conscientes das necessidades do tempo atual e sensíveis ao impacto dos objetivos da empresa sobre a sociedade, reduzindo o exclusivismo financeiro com que o gerente vê a sociedade em que está.
Full transcript