Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Aula 1 e 2 - Redação Publicitária para Mídia Eletrônica

No description
by

Clara Teixeira

on 4 September 2013

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Aula 1 e 2 - Redação Publicitária para Mídia Eletrônica

Redação Publicitária para Mídia Eletrônica
Prof. Clara Teixeira
A mídia eletrônica refere-se ao conjunto de meios de comunicação que necessita de
recursos eletrônicos
ou eletromecânicos para que o usuário final (audiência ou público) tenha acesso aos
conteúdos de vídeo ou áudio, gravados ou transmitidos em tempo real
.
Mídia digital
é um formato de mídia eletrônica onde os dados são armazenados em formato digital. Pode referir-se ao aspecto técnico da armazenagem e transmissão da informação (discos rígidos ou redes de computadores), ou ao "produto final", como vídeo digital, realidade aumentada ou arte digital.
Rádio
Televisão
Cinema
internet
Mas afinal, o que Mídia Eletrônica???
É rápido e flexível
É usado
como pano
de fundo
Ele é simples
e barato
O rádio fala para milhões
É efêmero
por natureza
o rádio fala para cada indivíduo
Características do Veículo
sofre interferência
o rádio
surpreende
O rádio forma imagens
O rádio tem
personalidade
A informação
é acompanhada
por música
Rádio? Por que eu deveria anunciar no rádio? Não dá pra ver nada... não tem imagens.

Ouça, você pode fazer coisas no rádio que provavelmente não conseguiria fazer na TV.

Isso eu queria ver.

Tudo bem, veja isto. (Pigarreira)
Pessoal, quando eu der a deixa, quero que uma montanha de chantilly de 200 metros role sobre o lago Michigan, que foi drenado e agora está cheio de chocolate quente. Depois a Real Força Aére do Canadá sobrevoará o lago carregando 10 toneladas de cereja que serão despejadas no chantilly para a alegria de 25 mil pessoas. Muito bem... entra a montanha.

O vergar e o ranger da montanha e o impacto na água

Entra a Força Aérea

Barulho de muitos aviões.

Entra a cereja...

Assobio de bomba caindo: de cereja atingindo o chantilly.

OK, 25 mil pessoas manifestando alegria...

Barulho de uma grande multidão. O som vai crescendo e pára repentinamente.

Agora... quer tentar fazer isso na televisão?

Bem...

Veja só... o rádio é um meio de comunicação muito especial porque atiça a imaginação.

E a televisão não atiça a imaginação?

Sim, até 21 polegadas.
HOMEM:


LOCUTOR:


HOMEM:

LOCUTOR:







SOM:

LOCUTOR:

SOM:

LOCUTOR:

SOM:

LOCUTOR:

SOM:


LOCUTOR:

HOMEM:

LOCUTOR:


HOMEM:

LOCUTOR:
Rearranjar o material em uma sequencia mais lógica
Compactar
material*
Criar efeitos e produzir novos arranjos.
Retirar aquilo que não é interessante ou que é repetitivo.
Objetivos da edição
Principais termos técnicos
Crossfade: Surgimento gradual de uma nova fonte ao mesmo tempo em que outra desaparece. (Fusão)
Efeito de Spot: Efeitos sonoros práticos que podem ser criados ao vivo no estúdio.
Fade: Diminuição do volume do som. (Fade down ou Fade out)
Fade in: Elevação do volume do som. (Fade up)
Fader: Controle de volume de uma fonte sonora usado para ajustar o nível, aumentando-o ou diminuindo-o gradualmente, ou ainda mixando-o com outras fontes.
Prática
Efeitos Sonoros
A ideia
Audição
Como trabalhar
o potencial do rádio
Reavivam a memória
criam imagens
não devem ser usados
com exagero
fale sobre o universo do ouvinte
fale a lingua do ouvinte
provoque identificação
aguce a imaginação
Trabalhe os sons, a música,
o tom de voz, conte histórias.

Lembre-se sempre que o seu
público-alvo tem só a audição
para entender e gravar a mensagem.
Propaganda
no rádio
Jingle
Spot
Outros
Testemunhal
Texto-foguete
Programete
Composição musical sobre o produto
Fácil
memorização
Produção mais complexa, demorada e cara.
Predomina a fala / diálogo
Contém mais informações
Produção mais simples e barata
O locutor dá a sua opinão pessoal sobre o produto.
Marca e/ou slogan são inseridos no contexto da locução.
Programa curto com patrocínio ou merchadising.
O texto para o rádio
Linguagem coloquial - oralidade
Frases curtas e na ordem direta
Pontuação orientada para a leitura
Ritmo (ler em voz alta)
Direcionamento ao ouvinte: "você"
Evitar palavras como "veja", "repare", etc.
Introdução
Desfecho
Desenvolvimento
Estrutura básica
Despertar a curiosidade ou chamar a atenção do ouvinte e introduzir o assunto.
Desenvolvimento da narrativa com diálogos e descrições ou Informações sobre o produto/marca anunciada
Conclusáo da narrativa e/ou convite para a ação.
O ouvinte leva de 5 a 8 segundos para decidir se vai prestar atenção ou não.
AIDA
Atenção
Interesse
Desejo
Ação
Lauda ou Script
Texto com todo o conteúdo de um programa de rádio, radionovela ou spots a fim de direcionar a locução e a produção dos mesmos.

UMA LINHA equivale a, aproximadamente, 70 toques = 5"(segundos). Fonte: TIMES ou ARIAL. Corpo 14, caixa alta (maiúscula).

Escreva um texto claro, simples e que não provoque erro de leitura.
Métrica e forma
Loc. = Locutor
BG (Background) = Som de fundo
Fade in (sobe) = Volume aumenta
Fade out (desce) = Volume diminui
Performance = indica o estilo de voz do locutor
linguagem técnica
Locutor stantard Locutor jovem
Locutor criança Locutor idoso
Jogos
Atividade - grupos de 3 alunos
Escreva um texto para rádio integrando uma campanha junto com o comercial de televisão a seguir:
Full transcript