Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

INFORMÁTICA APLICADA AS ARTES

No description
by

Denise Meneses

on 5 September 2016

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of INFORMÁTICA APLICADA AS ARTES

INFORMÁTICA APLICADA AS ARTES
AS ORIGENS DA ARTE
Desde a Pré-história, o conceito de arte e de como ela surgiu passa pela necessidade das pessoas de representar a natureza, assim como pela necessidade de representar a sua comunidade, os seus entes queridos ou personagens de sua história. Essa necessidade repete-se desde a Pré-história até hoje. Como exemplo, podemos dizer que as primeiras imagens, desenhadas na Pré-história, respondem às necessidades vitais do ser humano
PRÉ-HISTÓRICO
Idade da Pedra, o homem pintou e modelou, com suas próprias mãos, formas e imagens que, para ele, teriam as mesmas qualidades das formas da natureza
PERÍODO PALEOLÍTICO
Os homens construíram seus utensílios de pedra lascada, principalmente de sílex e pinturas rupestres, pintadas dentro de cavernas, e estatuetas de tendência naturalista ou esculpidas com formas geométricas.
PERÍODO NEOLÍTICO
A arte teve um grande desenvolvimento, principalmente com a técnica da cerâmica. nasce com o homem neolítico a primeira “revolução industrial”, pois ele começa a produção, em série, de utensílios como potes e vasos, assim como o transporte com a roda e o estoque de alimentos. A passagem da moradia da caverna para a construção de casas, outro aspecto importante, é uma característica desse período.

As Primeiras Civilizações Artísticas


As mãos dos artistas egípcios e mesopotâmicos eram guiadas por certos princípios de composição, determinados pelas suas crenças nas representações que faziam da realidade. Na pintura egípcia usava como material a cola produzida com cores, minerais, que era aplicada sobre uma camada de gesso branco que cobria a parede. Por causa das regras rígidas da arte, as representações do corpo humano e dos animais eram desenhadas de perfil e usavam poucas cores de tintas. o povo egípcio, tal como o mexicano, o peruano ou o hindu sentiram a necessidade de construir, sob a forma de pirâmides, autênticas montanhas de pedra ornamentadas com enormes esculturas talhadas em rochas.











As Técnicas e as Ferramentas da Antiguidade Clássica e da Idade Média
Na Grécia, o homem deixa de ser a criatura dos deuses, pois Deus passa a ser modelado à sua imagem separarem a geometria de preocupações puramente práticas, usadas para medição da terra. Tornaram a geometria uma ciência racional, que nunca mais deixou de ser desenvolvida, chegando a ser a base do surgimento da informática.
A escolha da ferramenta a ser utilizada, assim como hoje, dependia do material sobre o qual se esculpia e do estado em que este se encontrava.
Uma das grandes influências que a arte grega recebe, como na pintura e na escultura, foi provocada pelo surgimento da mitologia, que une em si a razão e a emoção.
Em relação às técnicas artísticas, a sociedade grega proporcionou enormes avanços. Seus artistas utilizavam pedras nobres, como o mármore, e metais, como o bronze, por meio dos quais aperfeiçoavam a estética naturalista.
Os gregos foram excelentes escultores de alto-relevo, assim como o baixo-relevo, foi muito utilizado na arte grega, como elemento associado às fachadas arquitetônicas. muito utilizado de expressão artística foi a pintura. A técnica apreciada pelos gregos, conhecida como afresco, foi mais difundida pela cultura romana.
O vitral foi muito utilizado no século XIII, em função das grandes construções das catedrais. a iluminura ou miniatura, uma pequena pintura que ilustrava livros
A tapeçaria foi outra grande técnica desenvolvida na arte, principalmente na França, durante a Idade Média.





As PRINCIPAIS TÉCNICAS DE
GRAVURA

O processo de reprodução inicia-se, historicamente, com as primeiras técnicas de gravura, como a xilogravura que significa dizer gravura em madeira , a gravura em metal, a litografia e, mais tarde, no século XIX, aparece na forma de fotografia. Posteriormente, nos anos 1960 do século XX, o computador dá continuidade à reprodução em série da imagem, iniciada pela geração dos gravuristas. a litografia, Muito embora desenhar sobre pedra não fosse um processo desconhecido, não havia, antes, a intenção de impressão em que a pedra viesse a servir de matriz.
AS PRINCIPAIS TÉCNICAS PARA A CRIAÇÃO DA IMAGEM FOTOGRÁFICA

A história do desenvolvimento da técnica da fotografia começa no século 4 a.C., quando Aristóteles descobre que a luz do dia, Mais tarde, no século I a.C. constataram a ação do Sol sobre alguns corpos orgânicos. Já no século XI, o matemático árabe Al-Hazen usa, pela primeira vez, o termo “câmera preta”. Na Idade Média, alquimistas constataram o escurecimento da prata quando exposta à luz e utilizaram o nitrato de prata para pintar madeiras e cabelos.
Revolução no campo da reprodução e, consequentemente,da divulgação de imagens por processos gráficos foi dada pela criação do processo de impressão com meios tons em fotogravura(1880).
O médico Etienne-Jules Marey, francês, e o artista Eadweard Muybridge, inglês, os pioneiros da fotografia instantânea, ou “cronofotografia”.
Técnicas para a Criação da Imagem Cinematográfica
A invenção do cinema foi um passo fundamental para o surgimento do computador.
Um dos seus primeiros inventos, que possibilitou registrar movimentos a partir do real, foi o “fuzil cronofotográfico”, criado em 1822, cujo aparelho era composto por uma câmera fotográfica com uma lente objetiva que se localizava ao longo de um cano.
A invenção do cinema, em conjunto com a invenção do rádio, provocou o surgimento da era da comunicação.
A imagem-som cinematográfica caracteriza-se principalmente pelo desenvolvimento da eletrônica e da automatização da imagem em movimento, contribuindo para o surgimento da televisão.
John W. Mauchly e J. Prester Eckert Jr., em 1946, junto com cientistas da Universidade da Pensilvânia, construíram o primeiro computador eletrônico, conhecido como Electronic Numerical Interpreter and Calculator (Eniac).
Os computadores diminuíram de tamanho e são denominados de microcomputadores. Também, são conhecidos como “desktop”, os quais existem de diversos modelos e tipos, como PC, Macintosh, Sun e Silicon Graphics, entre outros. Surgiram, ainda, os portáteis, como os laptops, notebooks, mininotebooks, handhelds, notepads e palm tops.


ARTE DIGITAL
PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS DA CULTURA DA MÍDIA
Alguns teóricos da comunicação, dentre eles Lúcia Santaella, afirmam que os modos e os meios de produção artística da sociedade contemporânea determinam as relações entre os artistas e a comunidade. a cultura de massa marcou uma época de grandes transformações nos modos de recepção da arte, que saiu do meio elitista e conquistou espaços da comunicação popular.
AS ORIGENS DA INFORMÁTICA APLICADA AS ARTES
O artista plástico, Waldemar Cordeiro, que, em conjunto com o físico Giorgio Moscati, ambos atuando como professores da Universidade de São Paulo foram os primeiros a usar o computador para criar imagens.
Esses pioneiros conseguiram fazer com que uma imagem fotográfica fosse convertida para o meio digital e, posteriormente, fosse impressa num papel. Marcaram, com esse trabalho, o início do uso de computadores na produção visual contemporânea, que envolve, além das artes visuais, a propaganda impressa e televisiva.
Waldemar Cordeiro, percebendo a potencialidade da máquina computacional, dirigiu, nos anos 1970, o Centro Arteônica da Universidade de Campinas (Unicamp) e realizou, em 1971, a exposição Arteônica, nome composto pela palavra arte e eletrônica, na qual mostrou obras visuais impressas, com impressora matricial.
O computador passou a ser usado mais amplamente pelos artistas, a partir dos anos 1970, quando surge o microprocessador e, principalmente, com a invenção dos monitores gráficos, as impressoras de alta qualidade e os recursos de multimídia, como as caixinhas de som.
Os monitores coloridos tornaram-se mais acessíveis a partir dos anos 1990.

O USO DO COMPUTADDOR PELOS ARTISTAS BRASILEIROS
O artista Silvio Zamboni utiliza os recursos mais importantes encontrados nos programas de manipulação de fotografia e imagens fixas no Brasil, um bom exemplo de cinema de animação, feito com auxílio do computador, é o desenho animado, intitulado Cassiopeia, de Clóvis Viana. Ele foi o primeiro desenho animado brasileiro totalmente feito no computador, incluindo cenários e personagens.












Os jogos tornaram-se tão importantes que mesmo na educação são utilizados como um importante instrumento pedagógico no ensino-aprendizagem de diferentes matérias, desde o ensino fundamental e médio até o superior.
A introdução do tablete digital, novas opções de trabalho artístico foram disponibilizadas. Aplicativos para os tabletes são usados para o tratamento de fotos, vídeos, sons, animações, que, combinados, produzem novas expressões artísticas digitais.



O Microsoft Office Power Point é um programa para apresentação de quadros (slides) que pode conter simultaneamente imagens, animações e textos. Ele funciona com o sistema operacional Windows.
O programa Paint é uma ferramenta de desenho que pode ser usada para criar desenhos simples ou elaborados, preto e branco ou coloridos.
Br.Office.org Apresentação é o programa de apresentações de slides do Br.Office.org. É o equivalente ao Power Point do Windows. Ele é uma ferramenta fácil de aprender e possui muitas utilidades.
Gimp é a abreviação de GNU (Image Manipulation Program), um editor de imagens. É bem melhor que o Paint, além de ser gratuito.
Full transcript