Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Plano de Produção

No description
by

Thaise Silva

on 22 September 2015

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Plano de Produção

Plano de Produção
Plano de Produção
Engenharia de Produção
Elaine Patrício​
Lenice​ Santos
Pollyanna Santana ​

Thaise​ Silva
Victor​ Dias
Yngryd Pinheiro

Planejamento e Controle da Produção, Marco Ramos.
1
Plano de Produção -

Conceito
Segundo Chiavenato (1990), o plano de produção representa aquilo que a empresa pretende produzir dentro de um determinado período e sua elaboração depende do sistema de produção utilizado pela empresa.
Plano de Produção -
Hierarquia
TUBINO, Dalvio Ferrari.
Planejamento e controle da produção
: teoria e prática. 2. ed. São Paulo: Atlas, 2009. 208 p.
Plano de Produção -
Hierarquia
TUBINO, Dalvio Ferrari.
Planejamento e controle da produção
: teoria e prática. 2. ed. São Paulo: Atlas, 2009. 208 p.
Plano de Produção -
Hierarquia
Plano de produção (PP): horizonte de planejamento diminui e grau de detalhamento aumenta (TARSO, 2015).


(TARSO, 2015)
(UFRGS; FORMOSO, 2015)
O plano de produção trabalha com informações agregadas de vendas e produção, normalmente com o agrupamento de produtos em famílias afins.
A nível tático, o plano de produção servirá de base para desenvolver o planejamento mestre da produção, onde as informações serão desmembradas.
Dados e Informação
Decisões
Plano de Produção -
Informações

Recursos produtivos:
Equipamentos, instalações, força de trabalho, taxa de produção.
Previsão da demanda:
Demanda prevista para as famílias de itens.
Políticas alternativas:
Sub-contratações, turno extras, postergar a produção, estoques, etc.
Dados de custos:
Produção normal, armazenagem, sub-contratações, turno extra, etc.

Segundo Tubino (2009), para elaboração do Plano de Produção são necessárias algumas informações:
TUBINO, Dalvio Ferrari.
Planejamento e controle da produção
: teoria e prática. 2. ed. São Paulo: Atlas, 2009. 208 p.
Plano de Produção -
Diretrizes
Ao traçarmos os rumos estratégicos da produção, decidimos em cima das variáveis que influenciam na taxa de demanda e de produção.
Existem três alternativas básicas que poderão ser seguidas:
Manter uma taxa de produção constante;
Manter uma taxa de produção casada com a demanda;
Variar a taxa de produção em patamares.

TUBINO, Dalvio Ferrari.
Planejamento e controle da produção
: teoria e prática. 2. ed. São Paulo: Atlas, 2009. 208 p.
Existem técnicas que podem ser usadas para auxiliar na elaboração de um plano de produção. Algumas delas procuram soluções otimizadas, outras aproveitam-se da experiência e do bom senso dos planejadores.
As técnicas matemáticas empregam modelos matemáticos para buscar a melhor alternativa.
As técnicas informais de tentativa e erro empregam tabelas e gráficos para visualizar as situações planejadas e decidir pela mais viável.

Plano de Produção -
Montagem
TUBINO, Dalvio Ferrari.
Planejamento e controle da produção
: teoria e prática. 2. ed. São Paulo: Atlas, 2009. 208 p.
Plano de Produção -
Etapas
Plano de Produção -
Etapa I
Plano de Produção -
Etapa II
Agrupar os produtos em famílias afins;
Estabelecer o horizonte e os períodos de tempo a serem incluídos no plano;
Determinar a previsão da demanda destas famílias para os períodos, no horizonte de planejamento;
Determinar a capacidade de produção pretendida por período, para cada alternativa disponível;
Definir as políticas de produção e estoques que balizarão o plano;

TUBINO, Dalvio Ferrari.
Planejamento e controle da produção
: teoria e prática. 2. ed. São Paulo: Atlas, 2009. 208 p.
TUBINO, Dalvio Ferrari.
Planejamento e controle da produção
: teoria e prática. 2. ed. São Paulo: Atlas, 2009. 208 p.
TUBINO, Dalvio Ferrari.
Planejamento e controle da produção
: teoria e prática. 2. ed. São Paulo: Atlas, 2009. 208 p.
Determinar os custos de cada alternativa de produção disponível;
Desenvolver planos de produção alternativos e calcular os custos decorrentes;
Analisar as restrições de capacidade produtiva;
Eleger o plano mais viável estrategicamente.

Etapa I
Etapa II
Referências
AFONSO, Celso.
Plano de Produção, RH e Contabilidade
. 2010. Disponível em: <http://pt.slideshare.net/celz/lp-4452797>. Acesso em: 11 set. 2015.

CHIAVENATO, Idalberto. Iniciação ao Planejamento e Controle de Produção.
São Paulo: McGraw-Hill, 1990. 116p.

SLACK, Nigel et al
. Administração da Produção
. 1ª ed. São Paulo. Editora Atlas, 1997.

TARSO, Paulo de.
Estrutura de Planos Organizacionais
. 2015. Disponível em: <http://paulodetar5.dominiotemporario.com/doc/ADM-GSL-03.pdf>. Acesso em: 12 set. 2015.

TUBINO, Dalvio Ferrari. 
Planejamento e controle da produção: teoria e prática
. 2. ed. São Paulo: Atlas, 2009. 208 p.

UFRGS, Universidade Federal do Rio Grande do Sul; FORMOSO, Carlos T..
Conceitos básicos de Planejamento e Controle da Produção (PCP)
. 2015. Disponível em: <http://www.gerenciamento.ufba.br/MBA Disciplinas Arquivos/Gestao Producao/Aula2AsFotos.pdf>. Acesso em: 11 set. 2015.
Plano de Produção -
Modelo
MRP:
Material requirement planning;
MSP:
Master production schedule;
PP:
Plano de produção;
PVO:
Plano de vendas e operações;
PE:
Planejamento Estratégico.


Plano de Produção -
A empresa
Plano de Produção -
A demanda
Plano de Produção - A produção
Plano de Produção -
Modelo
GTE:
é uma empresa de mecânica e usinagem. Suas atividades produtivas consistem em transformar ligas de metal em peças que compõem as transmissões utilizadas em veículos automotores. Deste modo a GTE fornece, para empresas do ramo automobilístico, as peças que elas não conseguem fabricar para atender a sua demanda.
Período:
A GTE, unidade de Mogi Mirim, iniciou suas operações no ano de 2010.
Produtos:
Componentes para veículos automotores como, por exemplo, transmissões, eixos, embreagens, filtros, motores e etc.
Características:
A demanda está intima e diretamente ligada à demanda por veículos.
Necesidades de operações:
precisão, profissionais qualificados, material, capital, máquinas e manutenção.
Funcionamento total: 1487 cubos, com uma eficiência de 85%.
A quantidade de horas e turnos podem ser reduzidos para que não se forme grande estoque da peça, gerando despesas para a empresa.
AFONSO, Celso.
Plano de Produção, RH e Contabilidade
. 2010. Disponível em: <http://pt.slideshare.net/celz/lp-4452797>. Acesso em: 11 set. 2015.
AFONSO, Celso.
Plano de Produção, RH e Contabilidade
. 2010. Disponível em: <http://pt.slideshare.net/celz/lp-4452797>. Acesso em: 11 set. 2015.
AFONSO, Celso.
Plano de Produção, RH e Contabilidade
. 2010. Disponível em: <http://pt.slideshare.net/celz/lp-4452797>. Acesso em: 11 set. 2015.
AFONSO, Celso.
Plano de Produção, RH e Contabilidade
. 2010. Disponível em: <http://pt.slideshare.net/celz/lp-4452797>. Acesso em: 11 set. 2015.
AFONSO, Celso.
Plano de Produção, RH e Contabilidade
. 2010. Disponível em: <http://pt.slideshare.net/celz/lp-4452797>. Acesso em: 11 set. 2015.
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
14
15
16
18
Plano de Produção -
A empresa
AFONSO, Celso.
Plano de Produção, RH e Contabilidade
. 2010. Disponível em: <http://pt.slideshare.net/celz/lp-4452797>. Acesso em: 11 set. 2015.
13
CUBO
(corpo de sincronização)
Engrenagem
Luva de engate (CAPA)
Sistema de Sincronização
Os componentes da sincronização são: anéis de sincronismo, pressionador, corpo de acoplamento, corpo de sincronização e luva de engate.
Esses itens são de extrema importância no conjunto da transmissão, tanto em automóveis quanto em veículos pesados, e merecem inspeções e manutenções periódicas.
Demanda X Produção
A quantidade de peças produzidas ultrapassam a demanda, isso porque estamos mostrando a célula funcionando 24 horas, dessa forma fica expresso que a GTE têm condições de prospectar novos clientes e entregar mais peças sem ter que comprar máquinas novas ou subcontratar.
TOTAL PRODUZIDO EM 2010: 17.957.
Para Tubino (2009), trata-se de um plano de longo prazo que é elaborado a partir de decisões estratégicas no âmbito da produção e que tem por meta direcionar os recursos produtivos conforme as estratégias escolhidas.

Conforme Slack (1997), um equilíbrio adequado entre capacidade e demanda pode gerar lucros e clientes satisfeitos, enquanto que o equilíbrio "errado" pode ser potencialmente desastroso.
Plano de Produção -
Reflexões
17
1-
O que é necessário para elaboração do plano de produção?
2-
Que técnicas avaliativas podem ser usadas na elaboração de um plano de produção?
3-
Segundo a hierarquia, o Plano de Produção pode ser de longo, médio e curto prazo. Quais tarefas são contempladas no plano de curto prazo?
4-
Nas duas etapas do plano de produção existem tópicos a serem analisados, desenvolvidos e determinados. Cite pelo menos 1 tópico de cada etapa.
5-
No estudo de caso da GTE, o modelo de produção é desenvolvido com uma demanda menor do que o estoque produzido, ocasionando o chamado "estoque parado". O que pode ser feito com essa reserva como alternativa de maximizar lucros e melhorar a demanda desta empresa?
Full transcript