Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Copy of Digital Scrapbook

Use this fun digital scrapbook template from Prezi to capture and share your life events.
by

Ligia Diniz

on 6 June 2013

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Copy of Digital Scrapbook

Dress up your Scrapbook with these fun extras! Stickers Scraps Other Materials pssstt...
you can crop these! (right click on any object to "Add My Collection," for use in other prezis.) (And don't forget to delete this white frame when you're done) Em “Congresso internacional do medo” Drummond com verdade e ironia coloca o medo como o grande dominador de nossa sociedade: “Provisoriamente não cantaremos o amor, que se refugiou mais abaixo do subterrâneos. Cantaremos o medo que esteriliza os abraços...” Carlos Drummond de Andrade " " Nascimento: 31 de outubro de 1902, Itabira do Mato Dentro (Interior de Minas Gerais) Filiação: Julieta Augusta Drummond, Carlos de Paula Andrade (Pequenos proprietarios rurais) Estudou em Belo Horizonte, no colegio Arnaldo. Fundou, junto com Emílio Moura e Gregoriano Canedo, A Revista, órgão modernista, onde era divulgou as tendencias do modernismo de Minas Gerais E em Nova Friburgo com os Jesuitas
no Colégio Anchieta. 1925 -Formo-se em Farmácia mas não exerceu aprofissão, alegando querer "preservar a saúde dos outros". Casou - se com Dolores Dutra de Morais
(de 1925 a 1987) Com quem teve a unica filha
Maria Julieta Drummond de Andrade 1930 - Publicou seu primeiro livro de poesia Alguma Poesia Após o qual vieram por exemplo, Brejo das almas, Sentimento do Mundo,
A rosa do povo entre outros. Durante a maior parte da vida, Drummond foi funcionário público, embora tenha começado a escrever cedo e proceguiu até o seu falecimento que se deu no dia 17 de agosto de 1987, Rio de Janeiro, doze dias após a morte de sua filha " " Além de poesia Drummond produziu contos,
cronicas e livros infantis A partir dos anos de 1950, passou a dedicar-se cada vez mais à produção literária. Apesar de sua maior obra ser poética, publicou também contos, crônicas, literatura infantil e traduções. Sentimento do Mundo 3° livro da carreira do poeta
Publicado em 1940 A obra reúne 28 poemas Poema Mãos dadas •Em Sentimento do mundo, Drummond revê o fazer poético. Amadureceu o poeta individualista de Alguma Poesia, tomando consciência do mundo, apesar de não se esquecer de seu coração •Traz o olhar do poeta sobre o mundo à sua volta,
tendendo para um olhar crítico e significativamente
político. •É uma obra que retrata um tempo de guerras, de
pessimismo e sobre tudo, de dúvidas sobre o poder
de destruição do homem. Congresso Intrnacional do Medo •O poeta abraça de vez a poesia de cunho social, refletindo o momento de instabilidade e inquietação dos anos que antecederam a Segunda Guerra Mundial. •A temática do eu (a terra natal, o indivíduo, a família etc.), muito presente nos seus livros anteriores, ainda aparece com destaque em Sentimento do Mundo. •De fonte modernista, os poemas de Sentimento do Mundo não possuem rima e seus versos têm as mais diversificadas métricas, tendo até um poema em prosa ("O Operário no Mar"). •Poemas escritos em períodos de horrores sociais O poema "Mãos dadas" anuncia a utópica e festiva solidariedade humana. Como um ativista dos direitos humanos Drummond muitas vezes nega a influência do mundo moderno em sua obra, é o fugir do individual e o olhar para o coletivo e a solidariedade. Drummond era agnóstico e pediu que nenhuma homenagem ou oração fossem feitas durante o seu sepultamento. Também não queria cruz ou símbolos religiosos. Seu enterro, realizado no cemitério São João Batista, no Rio de Janeiro, reuniu cerca de 800 pessoas, entre amigos, parentes, artistas, políticos e fãs. Seu corpo foi enterrado ao lado do da filha. Drummond foi expulso do internato que frequentava por "insubordinação mental" aos 17 anos, porque se desentendeu com o seu professor de português. Nessa época, o poeta era conhecido como "general" por causa de seu jeito altivo. A cidade natal de Drummond, Itabira, tem 44 poemas do escritor espalhados pelas ruas. Eles foram colocados nos locais que inspiraram os versos. 3°B Beatriz Alves
Ligia Diniz
Nadya Rodrigues
Tatiane Gilles
Vitor Alecar
Full transcript