Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Paradigmas. Conceitos de desenvolvimento

No description
by

silvane rano

on 15 April 2014

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Paradigmas. Conceitos de desenvolvimento

Paradigmas. Conceitos de desenvolvimento


O que é paradigma?
Podemos dizer que paradigma é a forma de sermos, de pensarmos, é a maneira que agimos diante da problemática que perspassa nosso tempo e nossa evolução.
Os paradigmas da educação devem ser mudados pela seginte
razão:
As crianças não estão mais vendo um propósito ao frequentarem a escola. Estão somente acumulando informações.
Ter um diploma é melhor doque não ter, porém não é garantia para os dia atuais.
O atual sistema de ensino foi projetado, concebido e estruturado para uma época diferente.
Por exemplo: vemos hoje nas escolas as crianças colocadas em turma por faixa etária, por se ter a idéia de que ambas aprendem ou aprenderão as mesmas coisas e no mesmo ritmo. Mas nem sempre acontece assim.
Epidemia Moderna!
A praga da DDA ou distúrbio de déficit de atenção tem gerado muitas discussões pelos educadores.
As crianças estão sendo bombardeadas com todo o tipo de informação vindo de todos os lugares imagináveis. Todos os dispositivos elotrônicos tomando conta de suas vidas, e requerendo cada vez mais atenção (I-phones, computadores modernos, jogos, centenas de canais de televisão.
Isso tudo resulta na dificuldade de se manterem concentrados em sala de aula.Porém, o que não se pode é achar que isso tudo é normal, e não irá lhes causar danos futuramente
Sociedade Consumista!
Paradigma capitalista e sustentável:


Outra questão a ser discutida é o tipo de sociedade que queremos de modelo para as nossas crianças. O consumismo inconsciente toma conta cada vez mais dos indivíduos.
Compramos pelo desejo, tomados pela emoção e repassamos esse mantra às crianças também, de que se não temos alguma coisa nova, somos ultrpassados e ficaremos para trás.
Mas aonde fica a preocupação com o meio ambiente e seus recursos naturais?
Quanto mais demanda de produtos, maior demanda de recursos naturais. Aí que deve entrar o papel fundamental da escola, desenvolvendo uma educação que alerte já desde cedo as crianças, sobre os problemas e as graves consequencias que o consumismo desenfreado pode gerar na sociedade.
Eu penso que podemos educar tanto para o consumismo exacerbado como para um consumismo consciente.
E desde já, como futura educadora tentarei mudar não só os paradigmas sociais, quanto os meu próprios.
A sociedade e suas características atuais!!!
Vivemos em uma sociedade onde as tecnologias estão se desenvolvendo em tempo record, e nós mal conseguimos acompanhar tanta inovação....
E por consequência disso queremos sempre comprar o que há de mais moderno no mercado, pois não podemos ficar para trás.
Com isso, cresce o acúmulo de bens, que têm por sua vez uma vida útil reduzida.

O paradigma capitalista não visa o bem estar de todos, mas sim o acúmulo próprio de bens!!!
A sociedade atual apresenta uma desigualdade monstruosa, onde muitos trabalham duro e não conseguem estabelecer um parâmetro de vida digna.
Por outro lado há aqueles que não sabem o que fazer com suas riquezas.
Então temos uma grande parte com pouco, e uma pequena parte com muito.
A sociedade atual está vivendo em rede!!!
O que isso quer dizer, é que estamos presenciando uma sociedade em que os indivíduos não mantêm mais relações cara a cara, mas ao contrário constituem suas relaçoes em espaços virtuais....
Por quê este tipo de relação é tão atrativo?
Porque torna-se fácil romper estes laços criados nas redes sociais. Basta deletar e pronto, sem mágoas, sem frustrações.
Os indivíduos acabam costruindo uma identidade com base naquilo que tentam ser e parecer não naquilo que realmente são.
Tecnologia Social!!!

A humanidade sempre usou de técnicas, como um processo de cooperação recíproco entre os indivíduos.
Podemos chamar de técnica social, toda a técnica que está a serviço da humanidade e que traz benefícios aos mesmos.
A TS procura incluir o maior número de indivíduos possível.
As tecnologias sociais, são aquelas técnicas materiais
e procedimentos metodológicos testados, validados e com impacto social comprovado, criados a partir de necessidades sociais, com o fim de solucionar um problema social. Uma tecnologia social sempre considera as necessidades sociais locais e está, de forma geral, associada a formas de organização coletiva, representando soluções para a inclusão social e a melhoria da qualidade de vida. (Lassance Jr. ; Pedreira 2004, Google Acadêmico)
Tecnologia Convencional!!
Com o surgimento industrial e o capitalismo, a técnica começou a ser vista como uma apropriação privada.
Na medida em que as tecnologias se desenvolviam o processo de exclusão social não diminuia, ou seja a técnica perdeu seu cunho social.
As tecnicas convencionais são de propriedade privada com o objetivo de obter lucros. E não têm o objetivo de proporcionar benefícios para a sociedade.
As técnicas convencionais tendem sempre a buscar inovação, visando com isso o lucro das empresas que as comandam;
Buscam suprir as necessidades dos consumidores, criando produtos rentáveis aos mesmos, muitas vezes sem critérios éticos e sociais;
Almejam cada vez mais produtividade, gerando com isso uma competição intercapitalista.

Exemplos de tecnologias sociais e tecnologias convencionais!!!
Um exemplo de tecnologia social é o soro ca-
seiro, que além de ter um custo extremamente baixo, é bastante eficaz no tratamento contra desidratação e reduz a mortalidade infantil.

Um exemplo que temos de tecnologia convencional, são os insumoss sintéticos produzidos pelas grandes empresas. O que além de ambientalmente problemático leva a uma dependência muito grande do pequeno produtor.
Técnica

Podemos dizer que técnica é quando se cria um manejo, um conhecimento que possa gerar inventos com a intenção de facilitar um certo trabalho. Um exemplo seria a utilização de arco é flexa na caça, técnicas de plantio, etc...
Tecnologias
Tecnologia por sua vez é a técnica evoluída, que é fruto de idéias vindas do passado e que ao longo dos anos foram sendo modificadas e aprimoradas, principalmente após o ano de 1970, quando deu-se início a terceira Revolução Industrial, onde o conhecimento científico e a pesquisa deram um salto gigantesco.
Os computadores, o transporte aéreo, a fibra óptica, o conjunto de conhecimentos, pesquisas e todo o arsenal de tecnologias da sociedade contemporânea é resultado da transformação da técnica para a tecnologia.
Tecnologias sociais e as mudanças na sociedade: Internet
Os meios de comunicação sempre foram muito influentes em todos os aspectos que envolvem a sociedade, desde como formadores de opinião pública até como organizadores da estrutura de pensamento das pessoas. Não seria diferente com a internet que como todos os outros meios, foi inicialmete desenvolvida para servir a um grupo minoritário, as elites governamentais e intelectuais, mas ao contrário dos demais meios, inovou por se basear em uma nova forma de sociedade: a sociedade em rede.



As tecnologias digitais já estão a muito tempo inseridas na vida social dos indivíduos. Com o passar dos anos foram sendo criados novos aparelhos digitais com o objetivo de tornar cada vez mais desenvolvido esse tipo de produto. As pessoas passaram a adquirir muitos tipos de dispositivos móveis e a usá-los de várias maneiras e com diversos própositos, oque era uma coisa que poucos tinham acesso, hoje em dia tornou-se indispensável no trabalho, estudo, lazer, etc.
As tecnologias digitais e a educação
A tecnologia digital está introduzida dentro das escolas o que torna uma viabilização de conhecimento muito mais ampla, através da internet e toda bagagem que ela pode oferecer. Sabemos que tempos atrás não havia esse tipo de metodologia na educação.
Sabemos que pouco tempo atrás, quando se tratava de aprendizagem nas escolas ou práticas educacionais, era ensinado aos alunos que a resposta para uma determinada questão estava somente em um determinado livro sem possibilidade alguma de modificação para tal questão.
Hoje porém com essa facilidade de acesso às informações pelo uso da internet, essa possibilidade de procurar novas respostas para determinada atividade está muito mais presente nas escolas.
Segundo Pierre Lévy, as tecnologias intelectuais asim chamadas por não srem simples instrumentos, mas por influírem no processo cognitivo do indivíduo, vão ser os parâmetros usados nessa busca de compreensão da estrutura caótica social.
Essas tecnologias sempre estiveram presentes na socidade e ,de certa forma, influenciaram na percepção e conceitualização do mundo.
O vídeo a seguir relata um pouco sobre as tecnologia e o que ela pode nos proporcionar, onde está presente, algumas das suas desvantagens, algumas fobias relacionadas às tecnologias, seu uso na educação, não dixem de assistir!!!
Educação Ubíqua

A educação Ubíqua, tem como objetivo relacionar os aprendizes com o ambiente em seu entorno, formando uma rede virtual e real de pessoas, objetos e situações, auxiliando para uma aprendizagem contínua, contextualizada e significativa. A consciência do contexto do aprendiz constitui-se do elemento fundamental nesse tipo de educação. A partir de pesquisas realizadas, concluiu-se que, atualmente, os ambientes virtuais de suporte à educação Ubíqua possuem um contexto de atuação específico ou localizado, além de um ambiente computacional próprio.
O desenvolvimento de um ambiente educacional ubíquo deve ser apoiado por mecanismos computacionais pró-ativos, providos por um ambiente de suporte à ubíqüidade, que possibilite perceber o contexto do aprendiz e o uso de diversas tecnologias de acesso. Cabe ao ambiente educacional adaptar os recursos disponíveis, levando em consideração a dinamicidade com que eles alteram, de forma contínua e transparente, criando um ambiene propício a aprendizagem.
Bibliografia:

Um Modelo de Educação Ubíqua Orientado à Consciência do Contexto do Aprendiz. (Débora Nice Ferrari Barbosa
Site google acadêmico

Internet das Coisas:

É grande a opção de produtos eletrônicos e digitais que podemos ter em casa, no trabalho e também como opção de lazer.
Isso nos torna dependentes desses aparelhos em várias situações do nosso dia-a-dia.

A Ubiquidade da Informação Digital
corresponde à expansão da rede de informação e comunicação digital em determinado lugar, para além dos computadores portáteis.
Esse fenômeno se constroi a partir de objetos portáteis e dos ambientes, estabelecendo uma relação entre os espaços físicos, o cotidiano social e a rede virtual por meio do telefone celular, do GPS, do computador de bolso ou PDA, dos tags, dos chips diversos e, invisivelmente dos locais onde há conexão sem fio - wife ou bluetooth.

Sobre a Ética
Muitas pessoas utilizam a internet todos os dias, as redes sociais estão cada vez mais presentes em nosso dia-a-dia,no entanto devemos ter muito cuidado com o tipo de informação que lançamos na internet, fotos que compartilhamos, comentários que postamos, principalmente se pode denegrir a imagem de alguém.
Também é importante saber onde podemos estar fazendo uso das redes sociais, pois há lugares em que é proibido como no trabalho ou mesmo na sala de aula.
Full transcript