Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Pós-Estruturalismo / Pós-Modernismo

No description
by

Isabela Penna

on 9 June 2014

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Pós-Estruturalismo / Pós-Modernismo

George e Campbell reconhecem que há diferenças muito sutis entre os dois pensamentos

O pós-estruturalismo deve ser entendido como uma crítica ao estruturalismo tributário da linguística saussuriana

O pós-modernismo, refere-se à crítica e à problematização do bloco histórico específico chamado modernidade

O principal objetivo dos críticos pós-modernos / pós-estruturalistas é demonstrar como as teorias dominantes tornaram-se um discurso de poder estatal reproduzido por redes de poder / saber afim de disciplinarizar o que seria ou não conhecimento legítimo em RI
O binômio pós-modernismo / pós-estruturalismo
Problematização da soberania do Estado 

Problematização da oposição soberania/anarquia

Teorização da constituição histórica e reconstituição de Estados soberanos
Contribuição do pós-estruturalismo para a Teoria das RI
Rejeição na elaboração de metanarrativas
Buscam as verdades universais
Postura anticientífica
Uso da descontrução
Uso da análise genealógica (Foucault)
Identificação e problematização de dicotomias
Análises de textos
Interpretação é mais importante que o dado empírico

Características do Pós-estruturalismo
“Tolerar a existência do outro,
E permitir que ele seja diferente,
Ainda é muito pouco.

Quando se tolera,
Apenas se concede
E essa não é uma relação de igualdade,
Mas de superioridade de um sobre o outro.

Deveríamos criar uma relação entre as pessoas,
Da qual estivessem excluídas
A tolerância e a intolerância.”

(José Saramago)

Relação eu-outro
Pós-Estruturalismo / Pós-Modernismo
Relação eu-outro
O Eu só existe mediante sua relação de responsabilidade ética com o Outro

Para Campbell, é necessário problematizar a produção de espaços morais com base em dicotomias “dentro/fora”, “interno/externo”, “Eu/Outro

Da ação intersubjetiva dos indivíduos nasce a ideia de um Eu, constituído a partir de características em comum, em oposição a um Outro, localizado na periferia e portador da diferença


O pós-estruturalismo concebe a relação Eu/Outro como algo flúido, impreciso, admitindo inclusive uma boa dose de sobreposição

Representação
A funcionalidade das representações (ou organização do real)

Como os pós-modernos tratam as RI

O pós-modernismo subdividido em duas vertentes

Foi a história que, na década de 80, deu o pontapé inicial no que diz respeito à noção de representações, colocando no centro de seus estudos a avaliação da realidade social a partir da cultura

Os pós-modernistas afirmam que toda representação se refere apenas a outras representações

Linguagem
Nas relações do indivíduo com o grupo social, a linguagem é fundamental

Até meados da década de 1980, o papel da linguagem na constituição da realidade foi por muito tempo ignorado na área de RI

As implicações da linguagem para a área de RI

Os pós-modernos atacam a noção de que as palavras podem ter um significado fixo que reflitam os objetos aos quais fazem referência

A maneira como se interpreta a realidade é dependente da linguagem ou das práticas discursivas empregadas para descrevê-la
Terrorismo
Estudiosos de RI tentam incluir o terrorismo no rol das ameaças globais mais importantes

O conceito de terrorismo, será sempre aberto a novas definições

O terrorismo antes do 11 de setembro

O terrorismo pós os atentados do dia 11/09

No âmbito internacional-global, o terrorismo produziu maior visibilidade

Segundo o teórico da comunicação Jacques A. Wainberg, o terrorismo emprega uma antiga estratégia militar que é definida como a “administração da percepção”

O terrorismo atual busca estar na audiência

Imigrantes
Momentos da história da humanidade

Devido ao aumento de fluxos migratórios, o reconhecimento dos direitos dos migrantes se ampliou nas últimas décadas

Conexão entre o pensamento pós-estruturalista e a atual questão dos imigrantes

O regime internacional dos refugiados, é dirigido pelas dicotomias sociedade/natureza e nacional/internacional

Selvagens
Distinção do ser humano para os outros animais

Maneira de pensar dos primitivos

O pensamento selvagem não é meramente utilitário

O homem selvagem foi o herdeiro de uma longa tradição científica

Conclusão
Os autores pós-estruturalistas buscam na historicidade uma ferramenta que os permita desafiar a “política ontológica” das abordagens sistêmicas.
Full transcript