Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Untitled Prezi

No description
by

Ana Paula Lettieri

on 26 September 2013

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Untitled Prezi

A proposta deste trabalho foi desenvolvida com o intuito de atender ao interesse real do LAR DE DÉBORA, uma Instituição Espírita de Cultura e Caridade do município, em construir uma entidade com esta função.
PROJETO "CRIANÇA, EU PRECISO DE VOCÊ"
Proposta de uma instituição de acolhimento intergeracional no município de Campos dos Goytacazes
Trabalho Final de Graduação no curso de Arquitetura e Urbanismo do Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia Fluminense - Campus: Campos Centro

Aluna: Ana Paula Lettieri
Orientadora: Regina Coeli
OBJETIVOS
Geral:
Projetar uma instituição de acolhimento intergeracional que dispusesse de uma estrutura física diferenciada.
Específicos:
Utilizar a Psicologia Ambiental para desenvolver uma arquitetura mais adequada ao usuário;
Desenvolver um projeto arquitetônico economicamente viável adotando princípios da Racionalização Construtiva;
Propor um conceito diferenciado de acolhimento institucional;
Conceber uma estrutura física capaz de ofertar distintas modalidades de acolhimento.
JUSTIFICATIVAS
METODOLOGIA
Revisão bibliográfica;

Pesquisa documental da legislação pertinente;

Estudos de caso (Asilo Nossa Senhora do Carmo e Projeto Lara);

Pesquisa participativa.
O QUE É O PROJETO "CRIANÇA, EU PRECISO DE VOCÊ?"
DESAFIOS DO PROJETO
REFERENCIAIS PROJETUAIS
Regime de internato
Cuidados diários
Projeto "Criança,eu preciso de você"
Atendimento Integral Institucional (idosos);
Abrigo Institucional (crianças e jovens).
Centro Dia (idosos);
Creche (crianças).
1. Redução de custos na execução do projeto, otimização dos recursos disponíveis e outras iniciativas que o tornassem viável do ponto de vista econômico;

2. Garantia da qualidade do ambiente construído de modo a obter uma construção adequada às necessidades de seus usuários;

3. Possibilitar a execução do projeto em duas fases;

4. Relacionar as distintas modalidades de atendimento e faixas etárias dos atendidos gerando o menor impacto negativo possível no dia a dia dos usuários.

REFERENCIAL TEÓRICO 01:
Racionalização Construtiva
Consiste em tornar mais eficiente a atividade de construir através da racionalização dos processos utilizados na construção civil e do implemento de procedimentos e métodos que otimizem a gestão dos recursos materiais e humanos, contribuindo ainda para a redução de desperdícios em todas as fases do empreendimento. (GRC ENGENHARIA, [20--?])
Utilização da alvenaria estrutural com tijolos cerâmicos;
Emprego da coordenação modular;
Aplicação dos conceitos de Mascaró (2010) relativos aos custos dos componentes da construção;
REFERENCIAL TEÓRICO 02:
Psicologia Ambiental
Consiste em aplicar o conhecimento psicológico e o arquitetônico possibilitando a produção de um ambiente mais humanizado e adequado ao usuários, pois contribui para que se criem projetos mais conscientes da forma como cada escolha influencia nas sensações despertadas neles. (ELALI, 1997 apud CARDOSO, 2006)
Emprego de elementos arquitetônicos e estratégias projetuais tais como: Amplidão; Nichos; Desníveis; Iluminação; Temperatura; Ruídos e Cores.
Obra 01: Centro Social da Santíssima Trindade da Tábua
Localização: Freguesia da Tábua, Madeira
FONTE: CÂMARA (2011)
Obra 02: Educandário Romão Duarte
Localização: Rio de Janeiro - RJ
FONTE: ROMÃO DUARTE [20--?]
Obra 03: Casa de repouso Ribatejo Real Clube
Localização: Foros de Salvaterra - Portugal
FONTE: RIBATEJO REAL CLUBE [20--?]
Funcionais
Obra: Centro Comunitário do Cidadão Idoso
Localização: Barcelona, Espanha
FONTE: ARCHDAILY, 2012
Tipológico / Plástico formal
Autor do Projeto: F451 Arquitetura
Obra: Casa de chácara Las Anitas
Localização: Assunção, Paraguai
Tecnológico
Autor do Projeto: Solano Benitez
FONTE: ARCHIDESIGN CLUB, 2010
O TERRENO
Acessos
R. Prefeito Edgar Machado
R. "Cinco"
R. Cora de Alvarenga
R. Visconde de Alvarenga
FONTE: Arquivo Pessoal, 2013
Equipamentos e infra-estrutura urbana
FONTE: GOOGE MAPAS, 2013 (adaptado pela autora)
Insolação, ventilação e fontes de ruídos
FONTE: Desenvolvimento próprio, 2013
Legislação
FONTE: LEI DE USO E OCUPAÇÃO DO SOLO, 2007
CONSTRUÇÃO EXISTENTE:
LAR DE DÉBORA
TERRENO LIVRE
CONSIDERAÇÕES FINAIS
REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS
______, Tatiana. Entrevista na Fundação Municipal da Criança e do Adolescente de Campos dos Goytacazes. 2013. Entrevista concedida a Ana Paula Lettieri, Campos dos Goytacazes, 25 Fev. 2013.
 
______, Alaor. Entrevista no Lar de Débora. 2013. Entrevista concedida a Ana Paula Lettieri, Campos dos Goytacazes, 22 Fev. 2013.
 
ARAÚJO, Cláudia Lysia de Oliveira; FARO, Ana Cristina Mancussi; SOUZA, Luciana Aparecida de. Trajetória das instituições de longa permanência para idosos no Brasil. HERE Revista eletrônica histórica de enfermagem, v.1, p.250-262, 2010.
 
ARCHDAILY Brasil. Centro comunitário do cidadão idoso. 2012. Disponível em: <http://www.archdaily.com.br/65204/centro-comunitario-do-cidadao-idoso-f451-arquitectura/>. Acesso em: 19 de Mar. 2013.
 
ARCHDAILY Brasil. Jardim de infância Parque Goya. 2013. Disponível em: <http://www.archdaily.com.br/100893/jardim-de-infancia-parque-goya-magen-arquitectos/>
Acesso em: 19 de Mar. 2013.
 
ARCHIDESIGN CLUB. Las Anitas house par Solano Benítez. 2010. Disponível em: <http://www.archidesignclub.com/es/magazine/rubriques/architecture/43009-las-anitas-house-par-solano-benitez.html>. Acesso em: 20 de Mar. 2013.
 
AUBERT, Monica Marques. Psicologia ambiental: espaço construído e comportamento humano. Rio de Janeiro. 2007. Originalmente apresentado como dissertação de pós-graduação, UCAM, 2007.
 
BARROS, Raquel R. M. Paula; PINA, Silvia Mikami; KOWALTOWSK, Doris; FUNARI, Teresa B.; ALVES, Silvana; TEIXEIRA, Carla; COSTA, Angelina. Conforto e psicologia ambiental: a questão do espaço pessoal no projeto arquitetônico. Departamento de arquitetura e construção – FEC – UNICAMP, CP6021, Campinas/SP.



REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS
REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS
REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS
BOTTON, Allain de. A Arquitetura da Felicidade. Rio de Janeiro: Rocco, 2007.
 
BRANDÃO, L. et al. Narrativas intergeracionais.Porto Alegre: UFRS, 2006. Disponível em: <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-79722006000100014#back>. Acesso em: 10 de Jan. 2013.
 
BRASIL. Infraestrutura social e urbana no Brasil: subsídios para uma agenda de pesquisa e formulação de políticas públicas. Brasília: Ipea. 2010.
 
BRASIL. Lei 8.069, de 13 de Julhoo de 1990. Dispõe sobre o Estatuto da Criança e do Adolescente e dá outras providências. Disponível em < http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/L8069.htm>. Acesso em 29 de julho de 2012.
 
BRASIL. Lei 10.741, de 10 de outubro de 2003. Dispõe sobre o Estatuto do Idoso e dá outras providências. Disponível em < http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/2003/L10.741.htm>. Acesso em 29 de julho de 2012.
 
BRASIL. Orientações técnicas: serviços de acolhimento para crianças e adolescentes. Brasília. CONANDA, CNSA, 2009.
 
BRASIL. Portaria SAS-073, de 10 de maio de 2001. Estabelece Normas de Funcionamento de Serviços de Atenção ao Idoso no Brasil. 2001. Disponível em <http://direitodoidoso.braslink.com/05/portarias.html>. Acesso em 21 de Janeiro de 2013.
 
CAMPOS DOS GOYTACAZES. Lei nº. 7.974: Lei de Uso e Ocupação do Solo Urbano do Município de Campos dos Goytacazes. Campos dos Goytacazes, de 31 de Mar. 2008.
 
COMUNIDADE DA CONSTRUÇÃO. Sistemas a base de cimento. Alvenaria estrutural: modulação, [20--?]. Disponível em: <http://www.comunidadedaconstrucao.com.br/sistemas-construtivos/1/modulacao/projeto/16/modulacao.html>. Acesso em: 09 de Março de 2013.
 





DAROS, T.M.V.; PALUDO, K.I. A institucionalização da infância a partir dos aspectos históricos, políticos e pedagógicos. Disponível em: <http://www.ucs.br/etc/conferencias/index.php/anpedsul/9anpedsul/paper/viewFile/596/307>. Acesso em: 10 de Janeiro de 2013.
 
DEL RIO, Vicente Del; DUARTE, Cristiane Rose; Rheingantz, Paulo Afonso. Projeto do lugar: colaboração entre psicologia, arquitetura e urbanismo. Rio de Janeiro: Contra Capa Livraria / PROARQ, 2002.
 
DIAS, I.G. A institucionalização asilar na percepção do idoso e de sua família:o estudo do “Lar dos Velhinhos” – Viçosa/MG. Viçosa: UFV,2007.
 
EDUCANDÁRIO ROMÃO DUARTE. Fotos. Rio de Janeiro. [20--?]. Disponível em: <http://www.educandarioromaoduarte.blogspot.com.br/p/fotos.html>. Acesso em: 18 de Março de 2013.
 
ELALI, Gleice Azambuja. Psicologia e Arquitetura: em busca do lócus interdisciplinar. Rio Grande do Norte: 1997.
 
FIGUEIRÓ, Wendell Oliveira. Racionalização do processo construtivo de edifícios em alvenaria estrutural. Belo Horizonte. 2009.
 
GRANDJEAN, E. Manual de ergonomia: adaptando o trabalho ao homem. 4. ed. - Porto Alegre: Bookman, 1998.
 
GRC Engenharia.Gestão e racionalização construtiva. [S.I.], [20--?]. Disponível em: <http://www.grcengenharia.com.br/index.php>. Acesso em: 09 de Março de 2013.
 
GROISMAN, D. Asilos de velhos: passado e presente. Porto Alegre. 1999

IBGE. Censo Demográfico, 2000. Disponível em: <www.ibge.gov.br>. Acesso em: 12 de Outubro de 2012.

IBGE. Censo Demográfico, 2010. Disponível em: <www.ibge.gov.br>. Acesso em: 12 de Outubro de 2012.


 





PASCALE, Maria Aparecida. Ergonomia e Alzheimer: a contribuição dos fatores ambientais como recurso terapêutico nos cuidados de idosos portadores da Demência do tipo Alzheimer. 2002. 120 f. Dissertação (Mestrado em Engenharia de Produção) - Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, 2002.
 
NECA. Abrigo: comunidade de acolhida e socioeducação. São Paulo, Instituto Camargo Corrêa. 2010.
 
RIBATEJO REAL CLUBE. Residência Sênior. Foros de Salvaterra. [20--?]. Disponível em: <http://ribatejorealclube.pt/pt>. Acesso em: 19 de Março de 2013.
 
ROMÃO DUARTE. Santa Casa de Misericórdia do Rio de Janeiro, [20--?]. Disponível em: <http://www.romaoduarte.com.br/>. Acesso em: 19 de Março de 2013.
 
SILVA, E.R.A. O direito à convivência familiar e comunitária: os abrigos para crianças e adolescentes no Brasil. Brasília: 2004. Disponível em: <http://www.ipea.gov.br/082/08201004.jsp?ttCD_CHAVE=2386>. Acesso em: 04 de Agosto de 2011.

WYDRA, Nancilee. Feng Shui para crianças. São Paulo: Editora Pensamento. 2001



 





ESTUDOS PRELIMINARES
PARTIDO ARQUITETÔNICO
PROGRAMA DE NECESSIDADES E PRÉ-DIMENSIONAMENTO
SETORIZAÇÃO ESQUEMÁTICA
FLUXOGRAMA
Envelhecimento populacional;
Inexistência de asilos públicos em Campos dos Goytacazes e inadequação dos existentes;
Grande demanda nos orfanatos do município, que atendem todo a região;
Falta de condições adequadas nas instituições de acolhimento;
Melhoria da qualidade de vida através da convivência intergeracional.
Desenvolver plantas baixas funcionais;
Dividir o programa de necessidades em dois blocos;
Priorizar o uso do térreo;
Adotar tipologia arquitetônica com pátio central;
Adotar formato de planta regular e tendendo ao quadrado;
Destacar a construção no entorno.
O partido arquitetônico baseou-se nos seguintes critérios:
IMPLANTAÇÃO
R. Cora de Alvarenga
R. "Cinco"
R. Prefeito Edgar Machado
R. Visconde de Alvarenga
Bloco "B"
Bloco "A"
Vagas
Horta
terapia
Academia 3ª idade
Pátio idosos
Pátio
crianças
Construções
Existentes
Quadra
ACESSOS
SETORIZAÇÃO DAS MODALIDADES
BLOCO "A" - TÉRREO
BLOCO "A" - SUPERIOR
VENTILAÇÃO CRUZADA
BLOCO "B" - TÉRREO
BLOCO "B" - SUPERIOR
VENTILAÇÃO CRUZADA
VOLUMETRIA E FACHADAS
VISTA GERAL
VISTA GERAL
FACHADA BLOCO "A"
FACHADA BLOCO "B"
Full transcript