Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Diferentes representações da superfície da Terra

No description
by

Adriano Moreira

on 14 November 2015

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Diferentes representações da superfície da Terra

Professor Adriano Moreira
Ao vermos imagens produzidas pelos modernos satélites de observação da Terra, percebemos que a maior parte da sua superfície é coberta por água, e também temos a sensação que o planeta é uma esfera.
Dois tipos de representações da superfície
A escala de Mercalli é utilizada para medir o nível de movimentação da terra em determinado lugar. É muito utilizada para proporcionar uma visão quantificada dos danos decorrentes em estruturas imóveis e terrenos.
A escala Richter foi criada em 1935 pelo sismólogo estadunidense Charles F. Richter, integrante do Instituto de Tecnologia da Califórnia. Richter, para a realização de sua escala, analisou as ondas sísmicas e coletou números de vários terremotos anteriormente registrados. Essa escala foi desenvolvida para medir a magnitude dos terremotos, que consiste no ato de quantificar a energia liberada no foco do terremoto.
Diferentes representações da superfície da Terra.
O elipsóide é uma figura matemática que representa a terra na forma de uma esfera achatada nos pólos. É utilizado para materializar todas as projeções cartográficas e definir coordenadas na superfície terrestre.
A superfície do geoide é mais irregular do que o elipsoide de revolução usado habitualmente para aproximar a forma do planeta, mas consideravelmente mais suave do que a própria superfície física terrestre. Enquanto que esta última varia entre os +8850 m (Monte Everest) e −11000 m (Fossa das Marianas), o geoide varia apenas cerca de ±100 m além da superfície do elipsoide de referência.
Full transcript