Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Brasil 1945-1964: Dutra, Getúlio...

Aula do prof. Marcus Vinícius na Fundação Torino
by

Marcus Vinícius Leite

on 2 March 2017

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Brasil 1945-1964: Dutra, Getúlio...

Entre a Democracia e a Ditadura
Brasil - 1945-64
O Fim do Estado Novo e a Redemocratização
A Opção pelo Nacionalismo
Desgaste de Vargas e do Estado Novo
Retorno da FEB e contradição
Abertura política: convocação de eleições para a presidência.
Novos Partidos: PSD, UDN, PTB e o PCB.
Anistia de presos políticos.

Manobras getulistas (Queremismo e "Constituinte com Getúlio).
Ameaça militar e renúncia do ditador.

Eleição: vitória de Eurico Dutra (PSD), apoiado pelo PTB de Getúlio Vargas.
1950: Getúlio Vargas (PTB) venceu com facilidade as eleições (48,7% dos votos).
Eleição: Getúlio x Eduardo Gomes (PSD) x Cristiano Machado (PSD)
Virtudes de seu governo: controlou a inflação e gerou crescimento econômico.
Grande característica: nacionalismo econômico e intervenção na economia (Petrobras, BNDE e outros).
Problema: forte oposição interna, diminuição de recursos vindos dos E.U.A e greves.
1951: pressão para o envio de tropas para a Coréia.
Pressão para a participação do capital estrangeiro em setores como o petróleo e mineração. Vargas não cedeu.
Militares anticomunistas: favoráveis ao envio de tropas.
Petrobras: estatal, opção nacionalista adotada pelo presidente e pelo Congresso.
Resposta dos E.U.A: cancelaram o envio de 220 milhões de dólares prometidos (empréstimo).



A Oposição

Muito atuante na mídia, em especial os jornalistas Carlos Lacerda (Tribuna da Imprensa e Rádio Globo) e Assis Chateubriand (Diários Associados)

A busca de apoio popular levou Vargas a aumentar o salário mínimo em 100%.
Forte pressão da imprensa.
O atentado: a guarda pessoal de Getúlio Vargas tentou assassinar um opositor político do presidente.
O atentado da "Toneleros" criou uma crise política que culminou no suiciídio do presidente.
O governo Dutra
Nova Constituição: reconheceu direitos individuais, porém manteve a exclusão dos analfabetos do direito de voto e tentou restringir o direito de greve.
Política externa: alinhamento aos E.U.A na "Guerra Fria"
Medidas: rompimento de relações diplomáticas com a URSS, fechamento do PCB e cassação dos parlamentares comunistas.
Curiosidade: fecha os cassinos do país.

Economia: Plano SALTE (fracassou).
Destaque negativo: queima de reservas em dólares do país.

Fim da ditadura (Estado Novo).
Reorganização partidária.
Nova Constituição.
Influências da guerra fria.
Experiência democrática marcada por tentativas de golpe de estado.
Populismo?

O Retorno do "Velho"
Full transcript