Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Apresentação SCRUM

Reunião Sprint Review
by

Luciene Martins

on 17 October 2012

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Apresentação SCRUM

S C R U M Cliente satisfeito! Não é obrigado a definir uma lista completa e detalhada de requisitos no início do projeto.
É esperado que ele aprenda sobre o produto durante o processo.
ENTREGAR VALOR DE NEGÓCIO O QUANTO ANTES. Entregar Valor! Metodologia Ágil para
Gerenciamento de Projetos Papéis no SCRUM Product Owner Scrum Team Scrum Master Representante do cliente e responsável pelo aspecto funcional do produto. Dono do Produto (Product Owner): Responsável pelo Backlog do Produto.
Dono do Produto Definir e priorizar as funcionalidades desejadas para o produto (de acordo com o seu valor para o negócio), descrevendo-as em forma de Estórias. Garantir visibilidade do Backlog do Produto a todos os envolvidos. Garantir que especialistas do domínio estejam disponíveis ao time.
Aceitar ou rejeitar os entregáveis. SCRUM MASTER Atua como facilitador da Equipe de Desenvolvimento. Remove impedimentos. Auxiliar o Dono do Produto, ajudando na manutenção do Backlog do Produto. Assegurar o uso das práticas e valores do Scrum. Protege a Equipe de interferências externas, para garantir a produtividade e a eficiência do trabalho. Auto-organizáveis e auto-gerenciáveis. Apresenta aos interessados os resultados do Sprint. Tamanho variável, é aconselhável não mais que 9 pessoas e não menos que 4. Alcançar a Meta do Sprint, uma vez que se compromete com o que vai ser entregue. Transformam o backlog em entregáveis de valor. TEAM Faz estimativas. Define as tarefas, desenvolve o produto e garante a qualidade do produto. O que é agilidade mesmo? Rapidez? Ser ágil não é entregar mais rápido e sim gerar valor mais rápido e de forma mais humana.

Produtividade não é apenas fazer mais rápido. Produtividade é fazer certo a coisa certa. Por que Scrum? Evitar Desperdício de tempo! Maior valor primeiro! Melhor comunicação! Que Venham as Mudanças! Equipe satisfeita! PRINCÍPIOS DO MANIFESTO ÁGIL MANIFESTO ÁGIL O Manifesto Ágil é uma declaração de princípios que fundamentam o desenvolvimento ágil de software. Processo Iterativo e Incremental:

Entrega em ciclos curtos, de 2 a 4 semanas Processo empírico: experimentado, avaliado e ajustado constantemente até que os resultados sejam satisfatórios. Utiliza times auto-organizados e auto-gerenciados Simples, mas difícil.
Exige disciplina! É um framework, criado com base na metodologia ágil, para o gerenciamento e controle de projetos. O que é SCRUM? - Por que SCRUM? - Apresentar uma proposta piloto de trabalho para a gestão dos projetos da equipe FPWP (FPW Pequenas Melhorias). - Os princípios que norteiam as Metodologias Ágeis. - Apresentar os principais conceitos do Scrum. Objetivos Scrum não é uma metodologia prescritiva ou um conjunto de boas práticas. Sendo Scrum um framework ele pode ser “montado” sobre uma realidade de gerenciamento de projetos qualquer para organizar o trabalho segundo o seu processo. Scrum não é uma metodologia prescritiva ou um conjunto de boas práticas. Sendo Scrum um framework ele pode ser “montado” sobre uma realidade de gerenciamento de projetos qualquer para organizar o trabalho segundo o seu processo. Scrum não é uma metodologia prescritiva ou um conjunto de boas práticas. Sendo Scrum um framework ele pode ser “montado” sobre uma realidade de gerenciamento de projetos qualquer para organizar o trabalho segundo o seu processo. Scrum não é uma metodologia prescritiva ou um conjunto de boas práticas.

Sendo Scrum um framework ele pode ser “montado” sobre uma realidade de gerenciamento de projetos qualquer para organizar o trabalho segundo o seu processo. OS PILARES DO SCRUM TRANSPARÊNCIA: Garante que aspectos do processo que afetam o resultado sejam visíveis para os que gerenciam os resultados. INSPEÇÃO: Os diversos aspectos do processo devem ser inspecionados com uma freqüência suficiente para que variações inaceitáveis no processo possam ser detectados. ADAPTAÇÃO: À partir da inspeção, se um ou mais aspectos do processo estão fora dos limites aceitáveis, esse ajuste deve ser feito o mais rápido para evitar desvios. CICLO DO SCRUM Proposta para uma "Prova de Conceito": Gestão dos Projetos da equipe FPWP
(FPW Pequenas Melhorias)
utilizando o framework SCRUM.

Realizar a prova de conceito durante no mínimo 3 sprint's. Impactos nos processos atuais: A princípio o PDS - LG continuaria a ser utilizado, bem como as ferramentas utilizadas pela equipe (Mantis SA, EA, etc). Teríamos inicialmente a execução do CCA diferenciada, bem como as estimativas, pois no Scrum é utilizado o planning poker.

Observação: Poderá ser impactado com melhoria contínua. A princípio o PGP - LG não seria utilizado em sua totalidade. Motivos:
- Não dispender esforços do Escritório de Projeto para uma prova de conceito. O que seria utilizado:
- Diário de Bordo
- Registro de Problemas
- Registro de Solicitações de Mudanças
- Controlar Fato Gerador
- Lições Aprendidas Estabelecer o processo inicial com as regras, práticas, artefatos e papéis do framework scrum.

Os grupos do gerenciamento do ciclo de vida do projeto continuam sendo: Iniciação / Planejamento / Execução / Monitoramento e Controle e Encerramento. Processo a ser utilizado: 1 - As especificações dos escopos teriam algumas adaptações, pois as necessidades são representadas como estórias.
2 - O plano único de versão representaria o backlog do produto (um dos artefatos utilizados no Scrum).
3 - Escopo conter apenas a necessidade.
4 - A contratação seria realizada por Sprint e seria utilizado pontos de estórias (tamanho, velocidade e duração).
5 - As estórias devem representar as necessidades dos clientes: Observação:

- O processo inicial não estará no BizAgi Process Modeler (BPM):
somente depois da prova de conceito absorvida pela organização e de uma maturidade adquirida no framework e que automatizaríamos o processo. Equipe FPWP - Data prevista de início: 03/09.

- Estruturar a equipe com: 1 analista de requisitos, 1 projetista, 2 desenvolvedores, 2 analistas de testes.

- Juntamente com a prova de conceito a equipe precisará ser formada. Ferramentas para a Gestão dos Projetos - Quadro de tarefas e planilhas de controle.

- Cronograma e Project Web Access: para termos o controle das horas estimas x horas realizadas. A adaptação seria apenas no fato que o cronograma seria planejado diariamente, conforme as atividades estejam sendo alocadas pelo time.

- Gráfico de Burndown: para medir o progresso do projeto.

Observação:

- O template do cronograma teria adaptações. Impactos no departamento de Planejamento: 6 - Disponibilidade do Product Owner.

7 - Aprovação ou não do incremento do produto liberado de cada sprint.

8- Definir os critérios de aceitação por estória.

9 - Responder a pesquisa de satisfação do cliente. Quebra de Paradigmas a longo prazo Definições dos Papéis Scrum Master - Luciene

Team – Equipe de Desenvolvimento do FPWP

Product Owner – Sáttila (sugestão)
(representando os Analistas de Negócio e a Consultoria e Suporte). Desafios - Não teríamos de imediato um time multidisciplinar. Mas não vejo problema algum em trabalhar com as disciplinas separadamente (Analista de Requisito, Desenvolvedor e Analista de Teste), pois todos colaboram para atender as estórias por ordem de importância.

- Trabalhar com um time de desenvolvimento com pouca experiência no produto, então levaríamos mais tempo para calibrar a velocidade do time, pois teríamos que realizar o desenvolvimento do time em paralelo.

- Resistências (mudança pouco técnica e muito comportamental).

- Devido a estrutura atual do código não seria possível a utilização de Testes Unitários, Testes de Aceitação, Testes de Regressão, TDD (desenvolvimento dirigido a testes) e Integração Contínua. Benefícios ao longo do tempo 1 - Equipe auto gerenciada.
2 - Entregar valor rapidamente ao cliente (interno).
3 - Equipe comprometida.
4 - Trabalho com transparência.
5 - Melhoria contínua – onde diariamente e na reunião de retrospectiva inspecionaríamos e adaptaríamos o que for necessário com o apoio direto do time.
6 - Impedimentos são rapidamente diagnosticados e solucionados.
7 - Cliente satisfeito.
8 - Iteração e Integração.
9 - Boa comunicação.
10 - O trabalho é realizado com metas diárias e estabelecidas pela própria equipe.
11 - A equipe é desafiada constantemente.
12 - Ambiente colaborativo motivado. Liberação de Versões - As entregas das versões seriam por sprint para o cliente interno (Product Owner - Planejamento) e posteriormente seriam agrupadas e entregues apenas na release oficial, conforme calendário de versão para os clientes externos. Para iniciar a Implantação da
Prova de Conceito

Caso seja autorizado pela organização 3 - Realizar um treinamento aprofundado dos fundamentos do SCRUM para os papéis envolvidos. 4 - Realizar um treinamento do processo inicial para os papéis envolvidos. 5 - Iniciar o planejamento da 1ª sprint junto ao time e o Product Owner (PO). 2 - Envolver a comunicação. Como o resultado será apresentado - Retorno positivo das áreas envolvidas.

- Pesquisa de satisfação do cliente (Product Owner).

- Avaliação do time. SCRUM Muito Obrigada pela Atenção! http://blog.scrumhalf.com.br/ - Utilizar o pronome “nós” ao invés de “eles” ou “eu”:
O time deve assumir juntos todas as responsabilidades relacionadas ao desenvolvimento

- Confiança:
Uma equipe cujos membros confiam uns nos outros se torna mais rápida na execução das tarefas

- Que sejamos honestos:
Quem é honesto tende a ter “crédito”, a ter “bom conceito”.
É importante que haja honestidade dentro da equipe, que cada membro “prometa” aquilo que sabe que pode cumprir. 1 - Documentar o processo inicial.
Full transcript