Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Intubação de sequência rápida

No description
by

Vinicius Correia

on 10 September 2015

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Intubação de sequência rápida

Anatomia
Intubação de sequência rápida
É considerada a forma mais segura e efetiva para intubação na sala de emergência

Tem como característica básica a administração de um agente hipnótico e um bloqueador neuromuscular

Fases divididas em 7P's
Intubação de sequência rápida
Monitoração e acesso venoso

Drogas escolhidas e preparadas

Checagem do material
Administração de drogas para evitar os efeitos indesejáveis

Destaque: Fentanil e Lidocaína
Pré-tratamento
Administração de drogas hipnóticas e bloqueador neuromuscular
Paralisia com indução

Auxiliar abre a boca pelo lado direito
Inspeção geral
Segurar o laringoscópio pela mão esquerda e a mão direita vai na região occipital para segurar a cabeça e abrir a boca
Entrar com a lâmina pela borda direita da língua até inseri-lo na valécula

Procedimento
Coxim + hiperextensão do pescoço
Posicionamento
Preparação
Oferta de O2 a 100% sem ventilação para permitir mais tempo de apneia

Atençaõ em crianças, obesos e gestantes


Pré-oxigenação
Confirmar IOT (capnometria)
Fixar o tubo
Colocar o paciente em ventilação mecânica
Raio-x para verificar posição e complicações
Pós-intubação
Tracionar o cabo para frente e para cima (evitando movimento de alavanca) expondo as cordas vocais
Assistente passa o tubo endotraqueal e segura a cabeça
Introduzir o tubo na traqueia - o balonete deve ultrapassar as cordas vocais
Insuflar o balonete

Procedimento
Referências
Alexia de Carvalho
Bruna Luiza Claudiano Voss
Emanuella Coan
Helena Schoenberger
Luan Rocha
Renan Bitencourt
Vinícius Rosa Correia
Indicações
Há dificuldade em manter via aérea pérvia ou protegida?

Há dificuldade em manter ventilação ou oxigenação adequada?

Há algum sinal de curso clínico desfavorável?
É a compressão da cartilagem cricoide com intuito de evitar aspiração do conteúdo esofágico


Manobra de Sellick
Classificação de Mallampati
Muito obrigado!!!!
Full transcript