Prezi

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in the manual

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Metodologias para cálculo de velocidade em acidentes de trânsito

Trabalho de mecânica 2. Karla e Jéssica
by Karla Bornhausen on 13 November 2012

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Metodologias para cálculo de velocidade em acidentes de trânsito

Metodologias para cálculo
de
velocidade em
acidentes de trânsito Jéssica Fernanda da Silva
Karla Bornhausen A Física Forense é uma parte da física destinada à observação, análise e interpretação dos fenômenos físicos de interesse judiciário, como exemplo, acidentes de trânsito. Fatores envolvidos em um acidente. Existem várias metodologias para o cálculo da velocidade em acidentes de automóveis que podem ser utilizadas para motocicletas, porém apresentam algumas variações devido suas características construtivas. Marcas de frenagem Deve-se conhecer o comprimento das marcas e o atrito médio. A determinação do coeficiente de atrito é obtido de forma experimental com a utilização de acelerômetros, medindo-se a velocidade do veículo com radares e o comprimento das marcas de frenagem. Análise do ponteiro do velocímetro É uma análise em comprovação científica entre a velocidade real e a registrada pelo veículo.

Não existem argumentos técnicos. Marcas de estrias e sulcagens Pode ser calculada a partir da fórmula de Torriceli. Quando a presença de sulcagens são contínuas e profundas na superfície e grandes deformações na motocicleta indicam maior desaceleração, o contrário, indica menor desaceleração. Cálculo da velocidade baseado na projeção do condutor Método de Searle:

Permite calcular uma velocidade máxima e uma velocidade mínima. Neste método a velocidade mínima é sempre subestimada, sendo que a velocidade real é de 10% a velocidade mínima para o caso de atropelamentos de crianças e 20% superior no caso de atropelamento de adultos. Cálculo da velocidade baseado na projeção do condutor Método de Searle:

Permite calcular uma velocidade máxima e uma velocidade mínima. Neste método a velocidade mínima é sempre subestimada, sendo que a velocidade real é de 10% a velocidade mínima para o caso de atropelamentos de crianças e 20% superior no caso de atropelamento de adultos. Princípio da conservação da quantidade de movimento linear Rotação de carro colidido em sua lateral Em teoria se quantificarmos quanto um veículo, que estava parado ou em baixa velocidade, rotacionou devido a uma colisão excêntrica com uma motocicleta, poderemos calcular a velocidade da motocicleta necessária para provocar esta rotação. Deformações presente na motocicleta Utilizando Crash Tests, para estima a velocidade. Segundo o autor esta fórmula é apenas uma “boa” aproximação e deve ser aplicada em condições similares àquelas obtidas nos crash tests. Os valores de redução entre os eixos das rodas deve estar na faixa de 12cm a 33 cm. Deformações presente em automóveis colididos por motocicletas Crash tests de colisões entre motocicletas e automóveis. Acidentes em curvas e tombamento Motocicletas dificilmente produzem marcas centrifuga significantes. Outro fator limitante em motocicletas é o ângulo de inclinação (lean angle) que pode ser utilizado pelo condutor da motocicleta. Exemplo 1: O veículo Ford Escort tentou efetuar manobra de retorno sem devida atenção ao fluxo de veículos, fazendo com que o veículo motocicleta Honda, que vinha no sentido Porto Alegre – Viamão, colidisse frontalmente na porta traseira esquerda do veículo Ford Escort. Motocicleta da marca Honda, modelo CG Titan 125;
Automóvel da marca Ford, modelo Escort 1.6;
Redução na distância entre os eixos das rodas da motocicleta: 30cm; v = 55 km/h Exemplo 2: v2 = 92,4 MPH
v1 = 10,9 MPH Conclusões
See the full transcript