Prezi

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in the manual

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

HIPERTEXTO 2012

APRESENTAÇÃO
by Monica Rodrigues on 13 November 2012

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of HIPERTEXTO 2012

Foram disponibilizadas 16 horas/aula de 50 minutos, relativas aos meses de outubro e novembro de 2011, as quais compreenderam a reflexão sobre o tema, bem como o desenvolvimento e apresentação da aula. As atividades foram realizadas em equipe e exigiam, de seus integrantes, organização e empenho. BLYTHE, Tina et. al. La enseñanza para la comprensión: guía para el docente. Buenos Aires: Paidós, 2004.
BRASIL. Ministério da Educação. Conselho Nacional de Educação/Câmara Superior de Educação. Diretrizes Curriculares Nacionais dos cursos de Filosofia, História, Geografia, Serviço Social, Comunicação Social, Ciências Sociais, Letras, Biblioteconomia, Arquivologia e Museologia. Parecer CNE/CES nº 492/2001, de 3 de abril de 2001. Relatores: Eunice Ribeiro Durham, Silke Weber e Vilma de Mendonça Figueiredo. Diário Oficial da União, Brasília, 9 julho 2001, Seção 1e, p. 50
COSCARELLI, Carla Viana (Org). Novas tecnologias, novos textos, novas formas de pensar. 3. ed. Belo Horizonte: Autêntica, 2006.
GARBIN, T.R.; et al. Mediação com tecnologia em EaD: uso de videoconferência e webconferencia. In: III Seminário de Educação em Rede, 2010, Goiânia. Anais... Goiânia: FGU/PUCGO, v.III, 2010. p.1-10.
GRIPP, Glícia Salviano. Educação e cognição: como ensinar a pensar. Curso de especialização Didática e tecnologia do ensino superior. Módulo 2, v. 1, set. 2005. Material disponível em CDROM.
HILU, Luciane; OLIVEIRA, Rosangela Gonçalves de; RODERO, Renata. Possibilidades do uso pedagógico das redes sociais: estudo de caso, 2011, Curitiba. In: X Congresso Nacional de Educação – Educere. Curitiba: PUC-PR, 2011.
IEDEMA, R. Multimodality, resemiotization: extending the analysis of discourse as multi-semiotic practice. Visual communication, v. 2, n. 1, p. 29-57, 2003.
MARCUSCHI, Luiz Antônio; XAVIER, Antonio Carlos (Org). Hipertexto e gêneros digitais: novas formas de construção de sentido. 2. ed Rio de Janeiro: Lucerna, 2005.
PERKINS, David N. La escuela inteligente: del adestramiento de la memoria a la educación de la mente. Barcelona: Editorial Gedisa, 2003.
TEDESCO, Juan Carlos. Educação e novas tecnologias: esperança ou incerteza? São Paulo: Cortez; Brasília: UNESCO, 2004.
TISHMAN, Shari; PERKINS, David N; JAY, Eileen. A cultura do pensamento na sala de aula. Porto Alegre: Artmed, 1999.
TRACTENBERG, L.; PEREIRA, M.; SANTOS, E. Competências para a docência on-line: implicações para a formação inicial e continuada dos professores- tutores do FGV On-line. In: CONGRESSO INTERNACIONAL DA ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA, Salvador, 2005. Anais... Salvador: XII ABED, 2005.
Referências A execução desse trabalho favoreceu a percepção das novas mídias sociais como espaço interativo, propício a uma aprendizagem significativa. A produção de aulas em video e sua divulgação no You Tube possibilitou aos alunos do curso de Letras uma visão mais crítica do trabalho do professor enquanto mediador / facilitador do conhecimento. Desfaz-se, desse modo, o paradigma tradicional que prevê uma modalidade de ensino centrada no professor, que relega o aluno à condição de sujeito passivo, detentor de um saber sistematizado por outro.
Considerações Finais A avaliação dessa atividade deixou de ser meramente quantitativo, baseado somente na distribuição de pontos, para ser processual, qualitativo. As falhas apresentadas no transcorrer das atividades deixaram de constituir simples erros, para serem motivo de reflexão e consequente aprendizado. O processo de avaliação
O resultado desse trabalho pode ser conferido nos seguintes endereços eletrônicos: d) produzir a aula no laboratório de informática, utilizando, como ferramenta, o programa Windows Movie Maker ou outro;
e) disponibilizar a aula produzida no You Tube;
f) apresentar, em sala de aula, o vídeo produzido, para devidos comentários e análises críticas por parte da turma.
Tal meta se desdobrava nos seguintes objetivos específicos: a) ler e analisar textos relacionados à educação e novas tecnologias, voltados para a construção de novos saberes em sala de aula, principalmente no que concerne ao ensino e aprendizagem de leitura e produção de textos;
b) apresentar uma proposta de ensino de língua portuguesa, por meio de uma aula a ser veiculada no You Tube, para alunos da educação básica das séries finais do ensino fundamental e/ou do ensino médio;
c) desenvolver um pré-projeto da aula a ser produzida, no qual constasse o tema da aula a ser ministrada, público alvo, objetivos, justificativa, conteúdo programático, procedimentos, recursos necessários para produção e veiculação da aula, referência bibliográfica, bem como tempo estimado para exibição do vídeo no You Tube;
Tal meta se desdobrava nos seguintes objetivos específicos: fundamenta-se em um processo de ensino-aprendizagem que prima pelo desenvolvimento do pensamento sistêmico, pela contextualização e transferência de conhecimentos. O desenvolvimento dessa sequência didática O desenvolvimento de uma sequência didática com alunos do curso de Letras de uma faculdade particular em Belo Horizonte, matriculados na disciplina Práticas Pedagógicas III. Linguagem e novas tecnologias: uma proposta de aprendizagem significativa Tal prática enriquece a interação em sala de aula e favorece a construção de uma aprendizagem significativa, fundamentada na contextualização e transferência de conhecimentos. A importância da utilização de vídeos em redes sociais na educação utilização de vídeos em atividades educacionais como um facilitador da compreensão do tema em estudo em questão e ampliando conceitos por meio de imagens;
acesso aos produtos de pesquisa de alunos e professores;
enriquecimento de aulas presenciais e em educação a distância com material multimidiático;
produção de vídeos por professores e alunos como atividades de criação;
registro do progresso dos alunos em atividades e resoluções de problemas;
participação de grupos dedicados a determinados temas;
assinatura de canais de instituições de ensino como forma de acesso e discussão a temas específicos do universo educacional.


Hilu, Oliveira e Rodero (2011, p. 15042) apresentam as seguintes oportunidades: Mattar (2009) reflete sobre a importância de usar vídeos como recurso pedagógico tanto em aulas presenciais quanto em Educação a Distância (EaD). Esse recurso se conforma a múltiplos estilos de aprendizagem e de múltiplas inteligências, sendo que a qualidade da aprendizagem se amplia quando os alunos são submetidos a estímulos visuais e sonoros. O uso do You Tube como ferramenta de ensino-aprendizagem Todos esses e outros recursos, combinados à grande oferta de vídeos, favorecem a integração dos conteúdos multimídia à educação. constituição de ambientes pessoais de aprendizagem com favoritos, listas de reprodução, amigos, etc.;
assinatura de canais de instituição de ensino;
compartilhamento de vídeos, de maneira privada;
possibilidade de assistir a um vídeo em grupo, a distância, bem como discuti-lo em tempo real por meio de um chat;
controle da apresentação do vídeo, por meio de links que permitem ao usuário avançar, retroceder ou mesmo trocar de vídeo, ambiente para comentários das exibições.

São vários os recursos que essa mídia social oferece, dentre os quais podem ser citados: Destacamos alguns pressupostos teóricos subjacentes à cultura e a linguagem do pensar.
Uma reflexão sobre os recursos disponibilizados pelo You Tube.
Apresentamos uma sequência didática, em que se propõe a produção de uma aula a ser veiculada no You Tube. Para melhor compreensão do assunto em pauta Resulta da aplicação de uma sequência didática desenvolvida com alunos do curso de Letras para a produção de uma aula a ser veiculada no
Luiz Antônio Ribeiro (IFMG)
Mônica Carvalho Brum Rodrigues(UFMG) NOVAS TECNOLOGIAS E ENSINO DA LÍNGUA MATERNA: UMA EXPERIÊNCIA COM ALUNOS DO CURSO DE LETRAS discutir o papel das mídias sociais como um ambiente privilegiado para interação, aprendizagem e potencialidade de recursos para o ensino.
A meta de compreensão geral de aprendizagem a ser alcançada com essa sequência didática foi o desafio de contribuir para a formação de um profissional com domínio do uso da língua portuguesa nas suas manifestações oral e escrita, que compreenda os conteúdos básicos objeto dos processos de ensino e aprendizagem no ensino fundamental e médio, utilize as novas tecnologias no ensino da língua materna e que tenha uma preparação profissional atualizada, de acordo com a dinâmica do mercado de trabalho. O desenvolvimento dessa sequência didática Os recursos disponibilizados pelo You Tube, dado o seu caráter mulimodal, favorecem a formação crítica e reflexiva dos usuários. No que diz respeito ao ensino de línguas
O advento do You Tube
favoreceu a democratização
de vídeos, já que possibilita
a disponibilização dos
mesmos. O uso do You Tube como ferramenta de ensino-aprendizagem O artigo visa a refletir sobre o ensino de língua materna com a utilização das mídias sociais Avaliações Diagnósticas Conhecimento de ordem superior (níveis de conhecimento) Transferência Contextualização Atividades de compreensão Metas de compreensão Temas geradores Linguagem do pensar Cultura do pensar Pedagogia da Compreensão Figura 1: Pedagogia da Compreensão Formação de professores: o desenvolvimento de uma cultura do pensar DESENVOLVER A ESCUTA TOMAR DECISÕES RESOLVER PROBLEMAS TRABALHAR EM EQUIPE DESENVOLVA COMPETÊNCIAS DISCENTE/ FUTURO
PROFESSOR O desenvolvimento dessa sequência didática ACEITAR OPINIÕES E CRÍTICAS
See the full transcript