Prezi

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in the manual

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Semiótica - revisão 1

No description
by vanessa balestrin on 2 April 2013

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Semiótica - revisão 1

Semiótica
Revisão Conceitos Semiótica pode ser considerada como a doutrina geral dos signos. De modo geral, signo é uma marca, um sinal, uma coisa que representa outra. Semiose é o processo de entendimento do signo Tipos de signo símbolos
ícones
índices ou indícios Não apresentam similaridade com seu objeto Não existe distinção entre o representante e o objeto São indicativos. Representam algo que não está presente e esta representação decorre de uma relação de causalidade. Os significados mudam de acordo com a situação ou a circunstância de ocorrência da semiose. Saussure Lingúistica É o estudo científico da linguagem. Saussure entendia a linguística como um ramo da ciência mais geral dos signos, chamada por ele de Semiologia. De acordo com Saussure, o conceito de Semiologia pode ser usado como sinônimo de Semiótica, é a ciência geral dos signos que estuda todos os fenômenos de significação. Símbolo =
significado + significante Ideia representação Dicotomias de Saussure 1. semiologia / linguística A semiologia é a teoria geral dos signos, em que consistem as leis que os regem. Ciência de todo o sistema de comunicação. A linguística é uma parte da semiologia - ciência da linguagem humana. 2. signo: significado / significante Imagem acústica e conceito 3. arbitrariedade / linearidade O significado é arbitrário.
A linearidade precisa ser respeitada para que a comunicação aconteça: os fonemas, as sílabas e as palavras são emitidas em ordem linear. 4. linguagem: língua / fala A língua é um fato social. A fala é uma propriedade individual. 5. sincronia / diacronia A linguística pode abordar a língua nas perspectivas sincrônica (estuda a língua em um dado momento) ou diacrônica (estuda a língua através dos tempos). Saussure propõe um estudo da estruturação da língua de maneira sincrônica. 6. sintagma e paradigma A linguagem tem dois modos de funcionamento: a combinação, ou relações sintagmáticas (fala) e a seleção, ou relações associativas ou paradigmáticas (sistema disponível na memória do falante). Signo é aquilo que está no lugar de outra coisa. Outros conceitos Sema - é uma representação de uma sucessão de signos Significação x significado O significado é um conceito, a significação é a união entre o conceito (significado) e o seu signficante. Signo denotativo (ou notativo): veicula o primeiro significado derivado do relacionamento entre um signo e seu objeto. Signo conontativo: põe em evidência significaods segundos que vêm agregar-se ao primeiro naquela mesma relação signo/objeto. Hjelmslev Esquema
Uso
Norma Esquema é a língua entendida como forma pura, ou com o sistema, equivalente à língua de Saussure em sentido estrito. Norma caracteriza-se pela forma como a língua se apresenta marcada pela manipulação dos usuários. Uso é a utilização da língua tal como ela se manifesta especificamente no grupo social. Signo
Não signo
Figura O signo desempenha a sua função na medida em que designa algo. Já o chamado não-signo não veicula uma significação. A linguagem é um jogo entre signos (ilimitados) e não-signos (limitados). Forma e Substancia Está para o significante de Saussure Está para o significado de Saussure Só haverá função semiótica quando uma expressão tiver sentido Sentido: Comparando-se diferentes línguas, extrai-se delas o que há de comum a todas, ou seja, o sentido. Forma é aquilo que é passível pela descrição, pela linguística. Substância é o conjunto dos aspectos linguísticos que só podem ser descritos através de elementos extralinguísticos (conceitos, ideias, etc) Plano de conteúdo: É a análise dos aspectos emotivos ou ideológicos da matéria. Plano da expressão: É a análise da matéria e seus significados. Plano de Conteúdo: Regras de concordância, escolhas de ângulos, cores, luz e formas. Plano de Expressão: Análise dos fonemas, das letras ou de partes da imagem 5 condições da linguagem Semiologia / linguagem 1. Os dois eixos: Processo e sistema Sistema é o mecanismo pelo qual esse processo se realiza 2. Os dois planos - expressão e conteúdo 3. Relações entre expressão e conteúdo 5. A não-conformidade
O uso da linguagem é inesgotável e criativo. Resumão de conceitos Semiótica: doutrina geral dos signos Signo: Uma marca, um sinal, algo que representa outra coisa. Índice: representa algo pela causalidade. Símbolo: não apresenta similaridade com o objeto. Ícone: Não existe distinção entre o representante e o objeto Semiose: é o processo de entendimento do signo. Linguística: Estudo científico da linguagem. Semiologia (Saussure): ciência geral dos signos / semiótica
Semiologia (Hjelmslev): é uma metassemiótica que contém uma teoria dos mais diferentes sistemas de signos - ex. linguística. Saussure: significante e significado Dicotomias saussureanas:
semiologia e linguística
significante e significado
linearidade e arbitrariedade
língua e fala
sincronia e diacronia
sintagma e paradigma Aquilo que está no lugar de outra coisa Imagem acúsica e conceito Sema: corresponde a uma sucessão de signos Significado: é o conceito de um signo Significação: é a união entre o conceito e o seu significante - semiose. Signo notativo x signo conotativo Hjelmslev - 3 planos da linguagem:
Esquema: é a língua entendida como sistema
Norma: língua marcada pela manipulação dos usuários - culta ou coloquial
Uso: é o uso da língua em um grupo social específico Não-signo: faz parte do sistema da linguagem mas não designa algo. Linguagem: um sistema de figuras e não de signos. Função semiótica: representação de um “significado” qualquer para o
mundo. Só acontece quando o conteúdo de uma expressão tem sentido. Duas faces do signo:
Plano de expressão (significante)
Plano de conteúdo (significado) Forma: é passível pela descrição, pela linguística. Substância: conjunto dos aspectos linguísticos que só podem ser descritos através de elementos extralinguísticos Análise semiológica: presupõe a existência de uma linguagem, formada por um ou mais sistemas de signos. 5 condições da análise semiológica e da linguagem:
Os dois eixos: Processo e sistema
Os dois planos - expressão e conteúdo
Relações entre expressão e conteúdo
Relações entre unidades linguísticas: combinação e recção
A não-conformidade 4 Relações entre unidades linguísticas: combinação e recção.
See the full transcript