Prezi

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in the manual

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Aula 5: Material didático na educação a distância: natureza, tipologia e elementos

Aula para o concurso público do IFRN - 2012
by Elizama Lemos on 24 December 2012

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Aula 5: Material didático na educação a distância: natureza, tipologia e elementos

Material didático na educação a distância: natureza, tipologia e elementos
Professora: Elizama Lemos Compreender a importância do material didático no processo de ensino-aprendizagem em EaD;
Entender os elementos que compõem um material didático e sua função no processo de ensino e aprendizagem a distância;
Conhecer os tipos de material mais comumente utilizados em EaD. Objetivos Funções do material didático;
Tipos de Materiais didáticos em EaD;
Novos paradigmas;
Métodos de preparação;
Requisitos;
Desenvolvimento do conteúdo;
O texto do material;
Indicadores do MEC. Tópicos de hoje Pode ser considerado como a ferramenta principal entre quem ensina e quem aprende, exercendo o papel de substituto do professor presencial. Material Didático na EaD Segundo Averbug (2003, p. 26) na EAD, o material didático é o canal mais importante na comunicação com o aluno. Muitas vezes confunde-se até mesmo com o próprio curso. Segundo Velazquez, precisa estar estruturado sobre uma proposta pedagógica que compreenda a atividade educativa não sobre
o ato de ensinar, mas sobre o ato de aprender. Está relacionada com a escolha dos recursos disponíveis na escola para a produção do material de estudo dos alunos. Segundo Santos (2006 apud Neder e Prossari 2001) Funções do material didático Promover o diálogo permanente;
Orientar o estudante;
Motivar a aprendizagem e ampliar os conhecimentos;
Possibilitar a compreensão crítica dos conteúdos;
Possibilitar a avaliação da aprendizagem. Aretio (1994, p. 177):

[...] se acumula a necessidade de reproduzir as condutas do professor na aula: devem motivar, informar, esclarecer e adaptar o ensino aos níveis de cada um, dialogar, relacionar as experiências do sujeito com o ensino, programar o trabalho individual e em equipe instigar a intuição, a atividade, assim como a criatividade do aluno, aplicando os conhecimentos às situações do contexto em que ele está inserido. Possari (2009):

O material deve ser desenvolvido pensando no leitor e no veículo de comunicação que está sendo utilizado. Tipos de material Impresso;
Audiovisual;
Material multimídia;
On-line. Material impresso Dois tipos:
Material produzido para uma clientela específica
Ex.: material produzido para o curso técnico de
Segurança do Trabalho do E-TEC.
Material adaptado
Ex.: artigos, capítulos de livros, manuais etc. Possibilidades de uso:
Utilização de materiais existentes não produzidos para EaD;
Utilização de materiais desenvolvidos por instituições especializadas em desenvolvimento de materiais para EaD;
Adaptação de materiais não projetados para EaD por meio da utilização de materiais de orientação didática específica para essa modalidade educacional;
Elaboração de materiais para utilização específica em EaD, elaboração dedicada. Aspectos relevantes:
Características do educando que utilizará o material;
A qualidade da linguagem adotada no material;
A relevância do conteúdo tratado;
O caráter de parceria entre especialistas;
A cuidadosa e refletida inclusão de perguntas e atividades diversificadas;
A adequação na inserção dos elementos formais (ilustrações, comunicação escrita e programação visual);
O respeito à autoria. FILHA, Elizete Arantes. Material didático do curso de Especialização em Língua Portuguesa e Matemática numa Perspectiva Transdisciplinar. Unidade 03. IFRN. Material impresso e em CD.

FONSECA, João Saraiva da. Material didático para educação a distância. Disponível em: http://www.slideshare.net/joaojosefonseca/material-didatico-para-educacao-a-distancia. Acesso em: 23 Fev 2012.

LITTO, F. FORMIGA, M. Educação a distância: o estado da arte. São Paulo:
Pearson Education do Brasil, 2009.

POSSARI, Lucia Helena Vendrúsculo. Material didático para EaD: processo de produção. Cuiabá: EdUFMT, 2009.

VELASQUEZ, Fabrícia da Silva. Materiais didáticos na educação a distância. Disponível em: <www.seednet.mec.gov.br>. Acesso em: 23 Fev 2012. Referências Segundo Neder(2009):

"É o material didático que possibilita que as diretrizes e os princípios definidos no Projeto Político-Pedagógico do curso sejam garantidos no desenvolvimento da prática pedagógica. São também os balizadores das bases epistemológicas definidas para a sustentação das ações pedagógicas." Material audiovisual Dois tipos:
Direcionado a uma clientela
Ex.: teleaulas, vídeos instrucionais...




Adaptado
Ex.: filmes, documentários, programas de TV... Material que engloba o texto escrito, o áudio, o visual e o gráfico;
Normalmente apresenta como suporte físico o CD-ROM ou o pendrive;
Exemplo: CDD (Conteúdo Didático Digital). Material multimídia semelhante ao material
multimídia Material online Semelhante ao material multimídia;
A diferença é que, em geral, o material se encontra disponível na internet para acesso em Ambientes Virtuais de Aprendizagem (páginas, portais, blogs...) ;
Ex.: Moodle. Dominar e usar as TICs para o desenvolvimento do material;
Ter em mente ao produzir: Métodos de preparação - Objetivos do material;
- Termo de Referência;
- Princípios pedagógicos;
- Linguagem;
- Articulação forma-conteúdo; - Abordagem baseada em problemas/casos;
- Atividades de avaliação;
- Estrutura;
- Formato;
- Fonte, parágrafo e entrelinhas. Novos paradigmas Os processos de ensinar e aprender na educação a distância não ocorrem de forma simultânea;
Por tal motivo, as propostas de ensino na modalidade são mediadas através dos materiais;
Tradicionalmente, estavam relacionadas com a necessidade de resolver os problemas produzidos pela ausência de uma relação face a face entre professor e alunos;
Nas últimas décadas, uma nova reflexão surgiu trazendo novas questões:
Como facilitar a construção do conhecimento do aluno?
Como conseguir que através do processo de ensino, possa desenvolver suas capacidades e conhecimentos?
Como transmitir o modo de pensamento do professor? Encontrar maneiras originais de estabelecer comunicações didáticas valiosas para a construção do conhecimento;
Uma nova reflexão sobre como gerar propostas que reconheçam o valor das interações mediatizadas na construção do conhecimento;
Normalmente acontece casos em que o professor autor exige ao aluno que decifre universos distantes de sua própria vivência, parecendo sem coerência e estranhos;
Isso acontece porque o professor é educado em meios sociais/culturais onde aprendem uma linguagem diferente do cotidiano;
O material didático produzido deve criar relações de discurso dentro das quais os alunos que revelem o que sabem, nas palavras que eles sabem. Novos paradigmas O aluno tem que ser convidado a participar plenamente na leitura;
Tem que reconhecer sua voz como uma das vozes possíveis no texto a partir do que foi lido, ampliar o seu contexto e criar, o seu próprio texto, realizando sua leitura e interpretação;
O ato de conhecer é o resultante da integração entre o que o aluno conhece, e como isso influi em sua vida, com os conhecimentos e conteúdos que são recebidos nos materiais à distância. Novos paradigmas Ao produzir o material, é necessário contemplar a transmissão de conteúdos e levar em consideração os saberes, ideias, conhecimentos, percepções, práticas, experiências, modos de ser e de se comportar dos alunos;
O conteúdo deve estar inserido na vida cotidiana;
Quanto mais os autores puderem relatar suas experiências e o que já sabem do contexto, mais os alunos entenderão o que aprendem; Novos paradigmas Apresentação do material em blocos pequenos, com poucos conteúdos, mas desenvolvidos de forma clara;
Apoiar os conhecimentos novos em conhecimentos ou informações que já se experimentaram anteriormente;
Adequar os conteúdos ao ritmo de aprendizagem ao tipo de estudante para o qual se destina o material;
Os materiais devem provocar o desejo de partilhar (interaprendizagem), de aplicar (atividade de aplicação) ou de produzir (atividade de produção). Requisitos Quais os principais requisitos para elaboração do material?
Atender aos objetivos do curso;
Ser coerente com a linha pedagógica do curso;
Ser elaborado a partir de um conteúdo bem claro e definido;
Utilizar uma estrutura modular que facilite o entendimento;
Utilizar uma linguagem clara e precisa para bem expor as ideias;
Utilizar um vocabulário de acordo com nível do público;
Utilizar ilustrações, sempre que possível;
Utilizar recursos de diagramação;
Utilizar recursos tipográficos de forma adequada;
Conter testes de auto-avaliação;
Sugerir fontes bibliográficas que complementem o tema. Requisitos Adequação da linguagem para o público-alvo;
Contemplar aspectos interdisciplinares e interculturais;
Elaborado por uma equipe multidisciplinar especializada, com professores-autores com reconhecido domínio do conteúdo e capacitados para escrever no âmbito da educação a distância;
Integrar as vertentes da área científica e pedagógica;
Considerar o que será transmitido, a situação educacional ou contexto;
Deve ter em mente: a simplicidade, a organização das ideias e a manutenção do clima de descoberta progressiva. Desenvolvimento do conteúdo Deve atenção à questão da coesão do conteúdo, assim como garantir a unidade e integridade do conteúdo;
Temas auto-suficientes;
Parágrafos que apresentem uma ou duas ideias relacionadas;
Uso de subtítulos para apresentar uma ideia nova;
Inclusão de elementos de transição entre temas;
Recapitulação das ideias principais no fim de cada tema. Desenvolvimento do conteúdo No âmbito dos conteúdos e da aprendizagem a motivação envolve alguns aspectos como:
A divisão em sub-tópicos, para facilitar a estruturação do texto e o estudo do aluno;
A clareza e concisão da linguagem;
A procura do diálogo com o leitor;
A inclusão de questionamento que estimulem momentos de reflexão;
O vocabulário empregado;
A utilização de figuras. Motivação De acordo com o que vimos hoje, os tipos de materiais didáticos e formas de serem aplicados, quais os materiais que você considera mais adequados para este curso? Justifique sua resposta. Atividade Ao redigir um texto, o professor autor deve:
Conectar o que redigiu com os conhecimentos que supomos na mente do receptor;
Assegurar de que uma proposição se conecta com as próximas;
Expressar um significado global que dê sentido às diferentes proposições;
Organizar a redação globalmente (incorporar indicadores ao texto como "por outro lado");
Criar uma meta para a redação;
Auto-avaliar se responde aos objetivos. O texto do material A experiência com cursos presenciais não é suficiente para assegurar a qualidade do material;
Na construção de cursos a distância é necessário:
Considerar que a convergência e integração entre materiais, acrescidos da mediação dos tutores e do momento presencial, criam ambientes de aprendizagem ricos e flexíveis;
Incluir no material um guia impresso ou disponível na internet. Indicadores do MEC O guia deve:
Orientar o aluno quanto às características da educação a distância e os direitos, deveres e atitudes de estudo a serem adotadas;
Informe sobre o curso escolhido;
Esclareça como se dá a interação com professores e colegas;
Apresente o cronograma e o sistema de acompanhamento, avaliação e todas as demais orientações que lhe darão segurança durante o processo educacional. Indicadores do MEC Nos cursos a distância é necessário informar, de maneira clara e concisa, que meios de comunicação e informação serão colocados à disposição dos alunos;
Detalhar nos materias que competências, habilidades e atitudes o aluno deverá alcançar ao final de cada unidade;
Definir critérios de avaliação de qualidade dos materiais;
Estimar o tempo que o aluno receberá o material para que não se atrase ou fique impedido de estudar;
Dispor de esquemas alternativos mais velozes. Indicadores do MEC Interrelacionar os materiais, a fim de evitar uma proposta fragmentada e descontextualizada do programa;
Respeitar os direitos autorais;
Abrir espaço para que o aluno reflita sobre sua própria realidade, possibilitando contribuições de qualidade educacional, cultural e prática do aluno. Indicadores do MEC
See the full transcript