Prezi

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in the manual

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

A organização do trabalho pedagógico: Alfabetização e letramento como eixos orientadores.

No description
by Jessica Gouveia on 8 October 2012

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of A organização do trabalho pedagógico: Alfabetização e letramento como eixos orientadores.

Alfabetização e letramento como eixos orientadores. Cecília Goulart O que fazer para a criança aprender mais e melhor?
Qual papel social de nossa ação pedagógica? A cada ano recomeçamos uma nova ação pedagógica e por isso surgem questionamentos como: Do ponto de vista escolar epera-se que a criança: A ÊNFASE NA CRIANÇA DE 6 ANOS A ORGANIZAÇÃO DISCURSIVA DA ESCOLA E SUAS IMPLICAÇÕES: A IMPORTÂNCIA DO RECONHECIMENTO DE DIFERENTES MODOS DE FALAR. CRIANÇA DE 6 ANOS A organização do trabalho pedagógico Sendo assim,
Muitos fatores condicionam a organização do trabalho pedagógico como: Sentido que atribuimos a escola e sua função social
Nossa concepção de educação (educar para quê? e como?) Como se constrói a educação como prática de liberdade, no sentido de Paulo Freire? Surge a dúvida: Educar Trabalho Pedagógico Compreensão do mundo Crianças mais livres para transitar socialmente A escola faz parte dessas criações! Somos sujeitos culturais - Construímos histórias e Culturas que nos envolvem e nos identificam Ás vezes preocupados em demasia com os conteúdos de ensino, não paramos para conhecer nossos alunos.

Aprendizagem envolve sensibilidade e mudança! A escola, na dinâmica entre partilha de conhecimentos de diversas pessoas, organiza-se em sua principal função social:

ENSINAR E APRENDER Seja iniciada no processo formal de alfabetização
Compreenda e sistematize conhecimentos Porém é necessário observar que há uma variação de criança para criança .A escola deve estar atenta a isso. Educação Infantil Ensino Fundamental Sendo assim, o planejamento de ensino deve contemplar atividades que alternem movimentos, tempos e espaços. SEM RUPTURAS, MAS COM CONTINUIDADE DE PROCESSOS DE APRENDIZAGEM COM CRIANÇAS QUE NUNCA FREQUENTARAM ESPAÇOS DE EDUCAÇÃO INFANTIL, É NECESSÁRIO FAZER COM QUE ELAS SINTAM A ESCOLA COMO UM ESPAÇO DIFERENTE DO LAR, MAS QUE SE SINTAM ACOLHIDAS E CONTINUEM APRENDENDO CRIATIVAMENTE Crianças + Interações + Atividades Dinâmicas = Aprender e ensinar com responsabilidade e alegria Assim a escola pode ser sempre um lugar de afirmação do que as crianças e adolescentes já são e sabem, ao mesmo tempo em que os leva a mudanças e a novos conhecimentos. Projeto Político Pedagógico:

Grande norteador e aliado dos educadores
Todos os dados sociais, culturais, estatísticas, políticos e organizacionais da instituição.
Comparado à uma radiografia, pois detecta todos as necessidades sociais e educacionais de determinada cultura. A escola como espaço social pedagogicamente organizado O processo de escolarização marca-nos no sentido de ampliar a compreensão da dinâmica social, das variadas forças e conhecimentos que disputam poder na sociedade, das inúmeras interpretações de conteúdos, fatos, objetos, fenômenos e comportamentos sociais. É importante frisar sobre a importância de discussões coletivas com os alunos ( horários, regras) assim, as crianças se tornam mais responsáveis, pertencentes ao grupo.
Dessa forma, não se deve somente estabelecer regras prontas, é importante construir conhecimento de forma democrática.
A integração família-escola desempenha um importante papel neste processo; é importante conhecer e acolher as famílias... Assim, estaremos mais próximos de nossos alunos.
Ensinar requer intimidade, confiança, cumplicidade. A organização do trabalho pedagógico, então deve ser pensada em função do que as crianças sabem, do seus universos de conhecimento.

Tudo o que se aprende no fundamental deverá ser inserido no contexto das crianças de forma lúdica: escrita redigida, raciocínio lógico, assim ela irá assimilar através do lúdico para a vida real.

Assim, todos esses planejamentos são frutos de reflexão coletiva e individuais cujo objetivo é a aprendizagem das crianças. Portanto, deverá sempre sofrer alterações, pois o conhecimento é mutável. Variedades linguísticas:
Pessoas de diferentes classes sociais
Regiões geográficas,
Idades
utilizam a língua de maneira diferente.
Esse é um ponto muito importante na escola, é preciso agir com naturalidade para não negar as marcas da identidade de nenhuma criança. O LETRAMENTO COMO HORIZONTE PARA A ORGANIZAÇÃO DO TRABALHO PEDAGÓGICO, A RELAÇÃO LÍNGUA ORAL - LÍNGUA ESCRITA E A APRENDIZAGEM DA ESCRITA. É importante que o educador se torne amigo, crie uma relação de cumplicidade com o seu aluno, assim, além de compreender suas fases de desenvolvimento, você irá ser um mediador do conhecimento, promovendo formas alternadas de ensino, aplicadas de formas diversas, por que afinal nenhum aluno é igual ao outro. Língua Oral - Permanente Mudança X Língua escrita - Alterada de forma lenta. INÍCIO DA APRENDIZAGEM Referência entre a FALA (que conhecem) e a ESCRITA (que querem conhecer) VÁRIOS modos de falar, mas UM modo de escrever (do ponto de vista ortográfico) EX: MALDADE (maudade, maudadji.) MESMO (mesmu, mezmu.) Aprender a escrever sem medo de "errar" é importante - ou seja - ninguém pode errar o que não sabe. PORTANTO: "Não se pode esperar que todas as crianças aprendam tudo o que lhes é falado ao mesmo tempo. É preciso que seja permitido o tempo para que as crianças cometam "erros" ortográficos. TEXTOS ESPONTÂNEOS TODO PROFESSOR DE QUALQUER NÍVEL DE ENSINO É UM PROFESSOR DE LINGUAGEM E DEVE SEMPRE PENSAR-SE COMO TAL. Linguagem verbal é o principal canal de relações de ensino aprendizagem Conhecimentos para produzir textos com valor social: E QUANDO A CRIANÇA ENTRA NA ESCOLA? Utilização de letras para escrever
Letras se organizam de acordo com um sistema
(Esquerda para direita, cima para baixo) É importante conversar com as crianças sobre o que se vai escrever, ler textos que contribuam para que elas possam expandir seus conhecimentos sobre temas Conhecimentos de mundo Aprendam escrever com a própria escrita e ler com a leitura explorando todas as suas possibilidades. Deve ser um espaço de formação de leitores.
Com muitas leituras (Crianças, Professores) E a sala de aula? "É com a leitura abundante da escrita do mundo que aprendemos a ler"
(Barbosa, 1990) O meio como uma grande contribuição para a compreensão do ensino da leitura. É preciso ter espaço para:

Arriscar
Expor hipóteses
Pensar
Interagir
Discordar
Concordar Os caminhos não são os mesmos para todas as crianças... O trabalho do professor deve compreender:
Atividades de elementos menores de texto
Atividades de elementos globais do texto É PRECISO CONVERSAR E LER MUITO PARA AS CRIANÇAS DIFERENTES TEXTOS PARA ESTABELECEREM AS DIFERENÇAS ENTRE AS MODALIDADES ORAL E ESCRITA. Método de trabalho
A direção da organização do trabalho pedagógico é dos professores com alunos e a comunidade escolar. CONCLUSÃO A escola precisa ser séria, mas não precisa ser sisuda, como dizia Paulo Freire.
See the full transcript