Prezi

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in the manual

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Agências de apoio, incubadoras e fontes de financiamento

No description
by Sara Schallenberger on 12 November 2012

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Agências de apoio, incubadoras e fontes de financiamento

Agências de apoio, incubadoras
e fontes de financiamento “O plano de negócios é o cartão de visita do empreendedor em busca de financiamento” Economia pessoal, família, amigos Investidor Anjo Fornecedores,
Parceiros Estratégicos,
Clientes e Funcionários Programa PIPE da FAPESP Capital de risco mais comum
confiança e credibilidade
empréstimo ou equidade
economias pessoais Um investidor anjo ou business angel é uma pessoa física ou uma empresa disposta a investir em outras empresas A pequena empresa deve utilizar todos os recursos para manter seu capital de giro e fluxo de caixa positivo.
•Fornecedores: Negociações, parcelamento de compra e obtendo carência.
•Parceiros estratégicos: Possibilidade de ajudar a empresa em troca de lucros no futuro.
•Clientes: Antecipam pagamento em troca de descontos
•Funcionários: Menor salário em troca de participação no resultados. Stock Option. Grandes bancos de investimento
Retorno muito acima do esperado da média do mercado
1. Uma excelente equipe de gestão.
2. Um bom plano de negócios.
3. Um mercado alvo expressivo e em crescimento.
4. Uma ideia realmente inovadora. Criado em 1987
Gestão:
Ministério de Ciências e Técnologia (MCT).
Execução:
Conselho Nacional de Desenvolvimento Científíco e Técnológico (CNPq). O Programa FAPESP Pesquisa Inovativa em Pequenas Empresas (PIPE) destina-se a apoiar a execução de pesquisa científica e/ou tecnológica em pequenas empresas sediadas no Estado de São Paulo. “O Softex 2000 – Programa Nacional de Software para Exportação - foi criado em 1993.
Queria estimular o surgimento de uma indústria brasileira de software voltada para a exportação.
•Considerado pelo MCT, em 1994, um dos três programas prioritátios em Informática.
Objetivo: Apoiar atividades de empreendorismo em software, estimulando o ensino e a geração de novas start-ups.
Atualmente, existem 20 núcleos Softex no país e seis no exterior.” Problemas
Os empreendedores recorrem muitas vezes apenas aos bancos, que cobram altas taxas de juros e assim dificultam o pagamento dos empréstimos
Solução: buscar outras alternativas de financiamento Tipos de financiamentos
Dívida: o empréstimo é assegurado por alguma forma de garantia
Equidade: participação no negócio em forma de ações Site onde pode encontrar investidores anjos
www.ainbrasil.com
www.fnaba.org
www.redeinovacao.org.br Capitalistas de risco:
não participam da gestão no negócio diretamente, participação no conselho de administração.
Sócios minoritários por tempo determinado;
Parceiros estratégicos (networking espetacular).
O quanto do capital acionário da empresa deve ser cedido aos capitalistas?
Não há um padrão, mas o que ajudará na negociação são índices do plano de negócios como VPL, TIR e o valor do investimento necessário. Caracteristicas:
a) Fase 1: Análise de Viabilidade Técnico-Científica;
b) Fase 2: Desenvolvimento da Proposta de Pesquisa; e
c) Fase 3: Aplicação dos resultados visando a comercialização do produto.
Requisitos do Pesquisador Responsável pelo Projeto
Requisitos da Pequena Empresa
Análise e seleção de propostas pela FAPESP Programa PROSOFT Financia investimentos voltados para desenvolvimento, localização e comercialização de software
Investimetos: capacitação tecnológica, máquinas e equipamentos, marketing, etc
1998: primeira concessão de crédito para empresas de software
Até o final de 2000: 11 empresas beneficiadas Fundação em 1952;
Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior;Financiamento de longo prazo para projetos de investimentos, aquisição de equipamentos e exportação de bens e serviços. Programa FINEP FINANCIADORA DE ESTUDOS E PROJETOS APOIO A EMPRESAS
Nascentes e emergentes de base tecnológicaIncubadoras Instituições de pesquisa
Empresas brasileiras de engenharia consultiva
Empresas com parques tecnológicos A Finep conta com 4 linhas de ação APOIO INTEGRAL AOS CLIENTES
Apóia os empreendimentos de base tecnológica
INOVÃÇÃO E TECNOLOGIA
Apóia a projetos de Pesquisa e Desenvolvimento das empresas e aos organizações de governo. Projeto INOVAR Construir ambientes institucionais que favoreçam a atividade de capital de risco no Brasil.
Fortalecimento de empresas nascentes ou emergentes de base tecnológica
Apresentação de planos de negócios pela Internet.
Participação dos Venture Foruns Programa Sebraetec e PATME, do Sebrae Objetivo: Suprir as deficiencias tecnológicas nas Micro e Pequenas Empresas nacionais. Sebraetec

É um serviço de consultoria tecnológica para correção ou solução de problemas pontuais.
Geralmente são problemas simples que não necessitam muito tempo de consultoria.
Atendem empreendimentos comerciais, industriais, rurais e até empresas informais em fase de formalização.
Apoia projetos de inovação elaborados por pequenas empresas PATME

- Serviços de consultoria mais abrangentes e que proporcionam a inovação tecnologicas
- Visa as melhorias no produto e não em correção de problemas
- Muitas áreas de foco, inclusive: estudo da viabilidade econômica do produto, melhoria em sistemas (qualidade, treinamentos, projetos setoriais), implantação de laboratórios. Programa Brasil Empreendedor Ítens Financiáveis
Aquisição de maquinas e equipamentos de fabricação
Treinamento de pessoal
Pesquisas, estudos e projetos
Comercialização de bens e serviços para exportação Como aceder ao programa? Para candidatar-se ao financiamento, o empreendedor deve contatar qualquer agência do SEBRAE..
www.sebrae.com.br Apoio:
Micro, pequena e médias empresas – dando maiores opções de financiamento, custos e prazos para pagamento;
Grandes empresas;
Órgãos e empresas da administração pública – respeitando a legislação de crédito ao setor público. BNDES Rede de Instituições Financeiras Credenciadas
O BNDES repassa os recursos para bancos comerciais, públicos ou privados que estão credenciados para oferecer o crédito;O próprio banco é responsável por avaliar os pedidos de financiamento. Porém sempre com a fiscalização do BNDES. Desembolso do BNDES – R$ Bilhões Modalidade de bolsas de Fomento Técnológico;
Formar e capacitar profissionais de Recursos Humanos que atuem em projetos de pesquisa aplicada ou de desenvolvimento tecnológico. Participação:
Qualquer empresa brasileira pode participar;
O coordenador do projeto, obrigatoriamente, deve ser um proprietário, sócio ou funcionário da empresa;O governo disponibiliza bolsas para serem utilizadas na formação dos participantes.
A ideia:
O projeto é submetido a um edital.
Deve-se desenvolver ou apresentar uma melhoria de um produto ou um processo dentro das empresas.
As ideias apresentadas devem estar alinhadas com as áreas da Politica de Desenvolvimento Produtivo.
See the full transcript